© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Trump usa gravata comprida, tipo "Cordilheira dos Andes".
Há uma mensagem subliminar nisso: quer mostrar que domina desde a América, lá em cima, até o Peru, lá embaixo...

O ano está mal começando e o nível de tolerância já começa a baixar...
No táxi eu exclamo "tá calor, tem ar?"..."Tem"...silêncio... o diligente motorista resolve perguntar: "quer que ligue o ar?" "Não! Eu adoro sentir quentura e chegar no trabalho todo melado e amarrot...

Furacões deveriam ter nomes de ex-maridos ou ex-mulheres. 
Chegam molhados e meio selvagens e

vão embora com seus pertences, sua casa e seu carro.

Assistindo à propaganda eleitoral, cheguei às seguintes conclusões: Bolsonaro usa o exército

Alckmin usa o FHC 

Haddad usa o Lula 

Marina usa o meio ambiente 

Álvaro Dias usa Botox

Meirelles usa a economia 

Ciro Gomes usa peixeira 

Eymael usa Deus 

Goulart Filho usa o pai

Amoe...

Os brasileiros, na Rússia, ficaram tão impressionados com

os japoneses recolhendo o lixo nos estádios que

resolveram tomar uma atitude. 
No próximo jogo cada brasileiro levará um japonês.

O que estamos vivendo?
Crise política, greves e manifestações, de resultado incerto, em curso. 
Um governo bem intencionado, mas com ares de provisoriedade e, lamentavelmente, com laranjas podres no caixote. 
Economia em frangalhos, com novos escândalos e sangrias - ca...

Não me lembro direito, mas li numa revista, um artigo levantando a hipótese de que todo o cara que tem mania de fazer aspas com os dedinhos quando faz uma ironia, é um chato.
Num outro artigo alguém escreveu:

que achava que jamais tinha conhecido um restaurante de...

Dá para justificar abstenção na

eleição por falta de candidato?

Falo sozinho.
Converso numa língua que só eu entendo.
Canto músicas sem saber a letra tipo cantor de churrascaria.
Não acho que meus cachorros são gente mas peço desculpas quando tropeço neles.
Faço caretas no trânsito.
Arrumo a cueca no elevador com câmera.
Danço com...

Pra que carregar os fardos do passado?
Ok... separou, curtiu o tempo de luto, passou pelo chamado período da "doideira" e, finalmente, depois de baixar a guarda e cuidar do próprio jardim, estando bem consigo mesmo/a, surge o momento mágico de encontrar a pessoa certa...

Please reload