© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Por que Villas-Boas não deu o nome dos que pediram golpe chavista no Brasil?

April 22, 2017

Paulo Figueiredo Filho escreve, em sua conta de Facebook:

 

O Comandante do Exército disse, em entrevista à VEJA, que "políticos de esquerda" sondaram os militares a respeito de um golpe para impedir o impeachment de Dilma Rousseff. Se tivesse as duas bolas no saco que o cargo exige, teria dado voz de prisão aos conspiradores ali mesmo. Se tivesse ao menos uma, estaria neste momento dando nomes aos bois. Aliás, se não o fizer, para mim é cúmplice confesso de crime contra a Pátria e deve ser preso imediatamente. São destes militares que vocês querem intervenção?

 

Esse tipo de questionamento é mais do que pertinente. Uma vez que tenha existido uma requisição para implementar uma ditadura no Brasil nos mesmos moldes da Venezuela, e tudo a serviço de projetos totalitários de poder socialista, existem culpados pelo pedido. 

 

Essas pessoas cometeram um dos piores crimes possíveis que se pode fazer contra um povo. Por sorte, não conseguiram. Mas tentaram. 

 

Ao esconder por um ano este evento, Villas-Boas brincou com o risco de vivermos sob uma ditadura. Mas não se brinca com esse tipo de coisa. O que se espera agora é que de Villas-Boas seja exigido o nome dos que fizeram o pedido pela venezuelização do Brasil. Daí o general precisa fazer a escolha: ou fica do lado do povo e entrega os nomes, ou fica do lado da extrema-esquerda e acoberta os responsáveis. O preço dessa escolha não pode sair de graça. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Pandemia Covid-19 e a Nova Ordem Mundial

March 24, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square