© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Bomba que estourou na mão de miliciano pró-PT poderia ter matado policial

May 25, 2017

Conforme o Jornal de Brasília, um dos milicianos que tocaram o terror ontem em Brasília teve sua mão estourada por uma bomba. 

 

Ele queria atingir um policial militar, mas o artefato explodiu em sua mão. O Corpo de bombeiros o socorreu. 

 

O nome do monstro é Vitor Rodrigues Fregulia, de 21 anos. Ele é estudante do Instituto Federal de Araranguá.

 

Como diz o Sul Connection, "a bomba que ele carregava, que certamente não serviria para adubar os gramados do Planalto".

 

A Internet está fazendo piadas com o ocorrido, pois há uma ironia cruel aí: a bomba que destruiu completamente sua mão tinha potencial para matar alguém. O alvo era um policial, mas isso não deu certo. 

 

Agora é preciso prender Vitor por ter utilizado um artefato de potencial assassino durante uma manifestação. A sorte do policial que não foi atingido pela bomba se refletiu no deslize que destruiu a mão de Vitor. 

 

É gente desse tipo que causou a morte do cinegrafista Santiago. Esse é o custo da tolerância aos que não possuem tolerância alguma e, pior, abusam da incivilidade. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square