© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Quando um humorista como Danilo Gentili ultrapassa todos os limites, precisamos ter uma conversa séria

May 30, 2017

A extrema-esquerda não está sabendo lidar com a trollada feita por Danilo Gentili diante da deputada petista Maria do Rosário. 

 

Leia mais clicando aqui.

 

Claro que a extrema-esquerda iria chiar. Para o Diário do Mundo, Kiko Nogueira escreve: 

 

Você sabe que um comediante acabou quando ele é notícia não por suas piadas, mas por esfregar papel em suas partes.

Danilo Gentili gravou um vídeo que extrapola qualquer noção de humor — e dá uma dimensão do grau de respeito que ele tem pela Justiça, por seu “público” e, no limite, por si mesmo.

Gentili aparece tripudiando de uma notificação enviada pela Procuradoria Parlamentar da Câmara de Deputados com reclamações da deputada Maria do Rosário.

Eram prints de tuítes com críticas dele. Gentili faz um teatro, como se não tivesse lido a documentação.

“O que que ela é?”, pergunta. Cobre um pedaço da palavra “deputada” com os dedos de modo a destacar o termo “puta”.

Então rasga as folhas e esfrega-as dentro de sua calça, em frente à câmera.

“Para Maria do Rosário e para qualquer outro deputado, de qualquer outro partido: Eu que decido se você cala ou não a boca – nunca o contrário”, diz.

Ainda se deu ao trabalho de ir ao Correio mostrar que tinha mandado de volta o envelope.

Gentili estava desaparecido desde que o PT saiu do poder e seu único assunto acabou.

Ressurge agora com um show de sordidez com suas vítimas de sempre. É um fascistoide que só se explica no Brasil pós-golpe.

A coisa tem mais de 6 milhões de visualizações em sua página no Facebook.

É obra de um alguém extremamente perturbado. Dá pena. Não dele, evidentemente, mas do país que nós viramos.

 

Que coisa, não é, Kiko Nogueira? Que coisa feia esse vídeo do Danilo, certo?

 

Ele "esfregou papel em suas partes", tripudiou de uma notificação barraqueira, deixou de tratar a deputada como "Vossa Excelência" e ainda mandou uma mensagem aos políticos: "nós é que temos que calar a boca de vocês e não o inverso". 

 

Uma verdadeira abominação se comparamos com atitudes mais respeitosas como saquear um país, apoiar ditaduras como as da Venezuela e Cuba, prover muita verba para empresas como Odebrecht e Petrobrás via propina e daí por diante. 

 

Isso é que é gente respeitável, e não um sujeito repulsivo como Danilo. 

 

É verdade: Danilo ultrapassou todos os limites e precisamos conversar muito seriamente a respeito disso. 

 

Precisamos conversar sobre a necessidade de que mais pessoas ultrapassem os limites dessa forma. 

 

Já cessou a era de tratar com dignidade aquilo que não tem dignidade. É preciso se rebelar contra gente que não tem moral alguma e ainda utiliza o politicamente correto para cercear a divergência. 

 

Atitudes como as de Danilo precisam ser repetidas mais vezes. 

 

São chocantes? Sem dúvida alguma. Algumas pessoas dirão que esse tipo de humor possui gosto duvidoso? Certamente. 

 

Mas em um momento em que é preciso quebrar a espiral do silêncio, atitudes desse tipo são mais que urgentes. 

 

Precisamos de mais pessoas que ultrapassem os limites impostos por aqueles que não respeitam a liberdade de expressão e fazem uso do totalitarismo para transformar nossas vidas num inferno. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square