© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Se as eleições fossem hoje...

June 2, 2017

O Bolsonaro fala aos arranques, o jeito dele é meio grosso, às vezes. Pois eu votaria nele. De vez em quando ele reage demais agressivamente. Mas o adversário, vítima de seus ataques, quase sempre merece isso. Votaria nele.

Não é um intelectual que atraia pela beleza de raciocínios brilhantes, é pé no chão. Votaria nele.

O Bolsonaro é o único político, hoje, que tem competência para estourar com o lula, numa eleição. Porque o discurso dele pega não só a classe média amargada, desesperada - mas vai até o povão, direto. Os argumentos dele fazem sentido, até nos embates pessoais. Votaria nele.

 

O Bolsonaro é militar da reserva, ele entende os seus. Falando a verdade, antes eu estava dividido entre o Caiado e ele. Pois eu acho que o Caiado daria um ótimo vice do Bolsonaro, a dobradinha seria perfeita. Os dois batem duro, cada um do seu jeito. E o Caiado tem um tipo de educação formal mais aceitável para uma certa faixa da classe media.  Ele faz um bom contraste com o Bolsonaro, os dois se complementam. São honestos. Gostam de provar sua honestidade, além de esculhambar com a desonestidade dos políticos corruptos. São, ambos, anti-bolivarianos, anti-comunistas, acreditam que a Democracia plena pode ser recuperada neste país. 

 

Claro que tem outras opções boas em nosso atual quadro político - mas agora falo só do Bolsonaro e do Caiado. Se eles se juntassem, se eles se juntassem...

Então, enquanto não surja nenhuma ótima-otimíssima alternativa, votaria nos dois...já adiantando o expediente. E danem-se as pesquisas. Me digam: se o Temer caísse, quem mais poderia legitimamente segurar as pontas neste Brasil, hoje com esse jogo político tão embaraçado e promíscuo? O lula? 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square