© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Qual é o nosso limite?

June 3, 2017

A Alemanha aguentou o nazismo. Os judeus,suportaram abusos inacreditáveis, através dos séculos. Os russos tiveram que aceitar o comunismo, os gulags, o policialismo assassino da NKVD. E baixaram resignadamente a cabeça para a incompetência militar de Stalin, muitos milhões de mortos. A Venezuela, nossa vizinha, destruída pela ditadura do Maduro. São exemplos, aqui perto, na esquina.

 

E assim segue, com alguns poucos homens cavalgando muitos e reduzindo-os a escravos. Realisticamente, é assim. Povos impõe sua vontade a outros, transformando-os em vassalos . Li uma frase: minha liberdade é a liberdade do outro. E o Brasil, qual é o nosso limite? Estamos à beira de uma revolução francesa ? Negativo. Aqui o povo se acostumou a gemer neste vale da lágrimas...sem fazer nada. Aliás, faz, sim: uns xingam os outros se acusando mutuamente de covardia.

Essa lassidão morena é incentivada pela ignorância do povo. Não adianta esfregar os fatos na cara deles, dramaticamente. Eles sabem que bilhões foram assaltados, pondo o país de joelhos. Mas os pobres se acostumaram a ser cavalgados pacificamente, mesmo na dor. Trocam seu voto por uma bolsa qualquer. São vís por falta de alternativa. Compreensível.

E as pessoas mais esclarecidas estão prostradas pela própria alienação. Estou velho, nem eu nem meus filhos vamos ver uma virada de mesa neste país. Vivemos precariamente, sem ar, sufocados pela corrupção que infectou os pulmões da nação. E então nos consumimos em ódio sem serventia. Resmungando inutilmente. Como agora estou fazendo aqui.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Pelé,Xuxa e Greta Thunberg

December 13, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square