© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

El gran circo Brasilia

June 8, 2017

 

Os brasileiros assistem, perplexos, a mais uma exibição da eloquência

descabida dos 'supremos' julgadores do país.Mais uma vez, discute-se o afastamento de um presidente.Num país sem líderes, jogado de lá pra cá de acordo com as vontades de uma casta de políticos que há décadas é o parasita notório da sociedade.Discute-se na realidade por baixo dos panos sujos, não a retirada do presidente, mas o que fazer depois.

 

Com o palavrório e a falácia costumeiras, os pretensos defensores da justiça

ignoram o país que se arrasta e protagonizam cenas bizarras no circo armado

para mais uma vez engabelar a sociedade.

 

Num barraco surrealista, Gilmar Mendes, enciumado, acusa o relator,

Herman Benjamin -imagem viva do mimimi- de brilhar mais que ele nas telas

da TV, e de roubar o mérito dele, Gilmar. A mediocridade é espantosa.

 

O barraco e a roupa suja expostas são o espelho exato da situação degradante

em que o país se encontra após uma década da atuação do PT em todos os níveis da sociedade, especialmente no que diz respeito à dignidade.

A palavra 'dignidade' jamais existiu na cartilha petista.

 

Hoje, só se constata o óbvio: que Michel Temer, o conde do Planalto,  como vice de uma 'presidenta' corrupta, leviana e incompetente, jamais deveria assumir a presidência em seu lugar. Principalmente por ter sido guindado com ela ao cargo através de uma campanha desonesta e com fundos ilícitos que eram bem claros na época.

 

É o resultado da política vergonhosa de empurrar sempre com a barriga até o limite, e depois vemos como fica.

No país da piada pronta, a coisa vai assumindo ares de tragédia.

 

Brasília é uma tragédia.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square