© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A cobra que engole seu próprio rabo

June 9, 2017

 

O que é um partido de Esquerda? Antes, eu sabia. A Esquerda então representava o idealismo, a contra-cultura, a luta contra o imperialismo, a exploração do povo. Tínhamos certezas, então. Mas vieram perguntas difíceis depois da Guerra: Stalin, O Pai do Povo, era de Esquerda? Como podia um regime de Esquerda massacrar a oposição, se eternizar no poder e dissolver pela violência qualquer tipo de manifestação contrária ao regime? Milhões de pessoas foram fuziladas ou mandadas para os gulags por se arriscarem a pensar com suas próprias cabeças. Esquerda, isso?  

 

Será que Stálin tinha se virado num líder de Direita ao reprimir o povo russo, tirando dele a sua liberdade? Desde aqueles tempos eu luto com as palavras que tentam definir o que é Esquerda e sua antítese, a Direita. Teoricamente a Direita seria o governo do povo pelo povo. Logo, o pináculo da Democracia, onde a opinião da maioria decidiria os destinos da Nação. Isso foi verdade, em algum tempo? Não. Veja aqui no Brasil: os analfabetos e os pobres em geral, são a maioria. Uma espécie de rebanho tocado pelo Bolsa-Família. E manejado pela demagogia de políticos a soldo dos modernos senhores feudais que dominam tudo. O voto dessa maioria, por acaso, faz a Democracia? 

 

Cada área da economia, tem aqui uns três ou quatro líderes que mandam nos deputados, senadores, governadores e presidência da república etc. atrelando o establishment aos seus próprios interesses. O Bndes, a Petrobrás e a Odebrecht são hoje os casos mais emblemáticos. E tem o Stf que dá cobertura aos políticos que fazem o meio de campo. Os veículos de comunicação de massa são os  braços adicionais que completam esse polvo que ocupou quase todos os espaços. É a Direita que tudo pode. Mas pode... para quem? Pode para a Esquerda corrupta, representada pelo pt, seus partidos cúmplices e os empresários vigaristas que aparelharam o governo para melhor assaltá-lo.

A cobra engolindo seu próprio rabo.

 

Esquerda e Direita são a mesma coisa, cada um à sua maneira. Ou com a urna eletrônica, ou com os estamentos ocupados por gente subornável - ou com decretos como os do venezuelano Maduro, ou o boliviano Evo Morales, só para ficar aqui na América do Sul. E interessante - eles se intitulam de Esquerda, paradoxalmente, enquanto praticam o massacre das suas “democracias”.

 

O Temer, o que é? Nada. Só um político do vergonhoso passado do Brasil, quando os privilégios de alguns se sobrepunham pesadamente às vontades da maioria. O governo Temer não é nem capitalista, nem comunista : é só negocista. E oportunista, para aproveitar a rima.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square