© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Sindicatos. As escolas de vagabundo

July 11, 2017

Que ninguém se iluda: o grande circo armado hoje pelas aranhas armadeiras do PT não tem outro objetivo além do óbvio: defender a grana dos 16431 sindicatos brasileiros, escolas de vagabundos que nada produzem.


Ou produzem: produzem greves com quebra quebra, financiam black blocs, pagam a boa vida de seus participantes e, especialmente, apoiam sua cria espúria, Lula.
Lula é o pior produto dessas escolas.
Existem centenas de outros, evidentemente.

 

É a raspa do tacho imundo da vagabundagem crônica aparelhada pelos governos da suposta esquerda do vigarista Lula e seus braços, Gleisi, Bezerra, Vanessa e outras protagonistas do circo encenado hoje no Senado.


Os sindicatos foram o solo fértil onde nasceu a praga mais daninha da história brasileira: Lula, o vendedor de greves.
Não tivesse existido esse mercado promissor, Nine teria se dado mal, muito mal.


Teria que se conformar com a parca aposentadoria por invalidez de torneiro mecânico e o país seguiria seus rumos.


Infelizmente para todos, não aconteceu.

 

 

No poder, Lula tratou de adubar e irrigar os sindicatos.
De 2012 pra cá, foram 500 milhões despejados nesses ninhos de inúteis, sem retorno algum para trabalhadores ou para a sociedade.


No Senado, a desonesta Narizinho continua a dar seu lamentável show, sem pudor, sem vergonha e sem qualquer compromisso com o país. 
Sua luta é uma só: não permitir as reformas trabalhistas que tirarão dos sindicatos a contribuição obrigatória.

 

Não fosse obrigatória, e esse bando sabe bem disso, não haveria no Brasil um único trabalhador disposto a pagar para sustentar vagabundos como ela própria e suas comparsas

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square