© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O sexto dedo.

August 2, 2017

 

Já condenado, o punguista de Garanhuns virou réu novamente hoje, pelas mãos do juiz Sergio Moro.


Vai responder agora pelos crimes de lavagem de grana e corrupção passiva no caso do 'sítio que não era dele', em Atibaia.


É mais um prego no caixão de Lula.

 

Com ele, tornaram-se réus também os compadres Bumlai, Léo Pinheiro, Marcelo e Emílio Odebrecht, Agenor Medeiros, Alexandrino Alencar, Carlos Armando Guedes Paschoal, Emyr Diniz Costa Júnior, Paulo Roberto Valente Gordilho, o ex assessor especial da presidência Rogério Aurélio Pimentel, Roberto Teixeira e Fernando Bittar.


Como se pode ver, é mesmo um elenco de primeira em

 

se tratando de gangsteres.


O roteiro deve seguir a linha que Luiz Inácio jamais abandona, o de "não é meu, é de um amigo"'.


As pretensões do vigarista de se tornar novamente presidente no país tupiniquim vão se tornando cada vez mais -para ele- um sonho impossível.
E para o povo brasileiro, um pesadelo evitado.

 

Já prevendo sua possível candidatura para chefete de torcida na Papuda, o ilusionista de Garanhus tratou de correr atrás de novo pet de estimação para representá-lo fielmente no zoológico petista.


Escolheu Gleisi, a amante.
Escolha perfeita. Ambos são uma ruína moral.
E tem o mesmo destino: a cadeia.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square