© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Brutti, Sporchi e Cattivi

August 3, 2017

“Feios, Porcos e Malvados”, é o título de um grande filme italiano que mostra a vida arruinada de algumas famílias indigentes que vivem nos arredores de Roma.

 

Sua triste existência, tratada com ironia, provoca vontade de rir, em constrangimento, ao ver-se a que baixeza as pessoas podem chegar quando esmagadas pela miséria. 


Lembrei muito desse filme neo-realista, ontem, ao assistir a sessão da câmara dos deputados que decidia o destino do Temer. E o nosso.

 

A semelhança dos personagens é perfeita. Só que os deputados são ricos.

Não tive nenhum prazer em conhecer esses dignatários.

 

Como na tragicomédia italiana eles se esforçam por enganar, fingindo ser o que não são, soando falsamente ao tentar representar o papel de pessoas honestas e respeitáveis. Mas seus discursos não conseguem convencer ninguém.

 

Cada vez que um deles se apresentava ao microfone eu me perguntava: quanto será que esse cara levou do temer para votar “sim”? Ou do lula, para fingir indignação, afirmando ser contra a corrupção e acabar pedindo eleição direta já? Gente tatibitate, escorregando nas concordâncias de português e nas idéias mal formuladas, brutti, sporchi e cattivi. Fiquei envergonhado por eles.

 

Se dizem representantes da vontade do povo, mas sabemos que só representam é a si próprios. Poucos se salvam naquele amontoado de personagens irrelevantes que me obrigavam a ficar prestando atenção às suas carecas, cabelos pintados, rostos inchados, tiques nervosos, feiura que devia ser resultado de outra, a moral. Nunca ligando aos seus discursos.

 

Bem, o temer ficou. Mas parece que ficou mesmo é no corredor da morte de filme americano, o bandido só esperando o dia de sua execução, depois das eleições de 2018.

 

Ou seja, nosso presidente vai continuar esperneando. Mas eu concordo em deixá-lo assim, em banho maria, pois talvez, agora cônscio da possibilidade zero de sua reeleição, possa se dedicar em construir uma biografia que compense a do seu passado com a Dilma. Outra santa e honesta senhora, tratada injustamente, conforme alguns deputados.

 

O melancólico espetáculo de ontem me manteve acordado, passei a noite lendo sobre a Segunda Guerra Mundial, o “Fim de Jogo 1945”, de David Sttaford. Um relato tremendo.

Quase que igual ao que vi na sessão de ontem, com muitos mortos e feridos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square