© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Censura?Censura?Censura?

August 10, 2017

 

Nos documentários pode-se ver: judeus colocando bilhetinhos dobrados, com pedidos, nos interstícios entre as pedras do Muro, em Jerusalem. A idéia dessa cerimônia sagrada, imagino, é esperar que o Criador tome nota de tudo que lá está escrito. Uma espécie de correspondência, movida pela Fé.

 

Já nosso Muro é o facebook. Nossas mensagens vão para um mundo virtual e terreno, pertencente ao deus Zuck. A intenção geral é que os posts inseridos ali alcancem o maior número de pessoas. Para que talvez aí - quem sabe? - essa massa anônima de povo milagrosamente se mexa para alcançar objetivos políticos de nível superior. 

 

Uma santa Revolução, por exemplo, para não permitir que nos tornemos uma ditadura comunista como a do Maduro, na Venezuela. Muito de nossos posts passam pelo olhar atento do Zuck, nosso patrão no face. Eu mesmo já fui repreendido e punido, semanas atrás: fui suspenso por 3 dias, por motivos estrambóticos. E um texto me avisou: mais uma vez e você será banido do face. O motivo de fazerem essa advertência - acho - foi um artigo que escrevi sobre o homossexualismo. Nada demais. O que penso mesmo ser sério é o face não explicar claramente o motivo da punição. 

 

Isso já me aconteceu antes, nos meus tempos de colégio interno. Eu vivia sendo expulso da aula de religião porque perguntava demais sobre assuntos sensíveis - e que deveriam ser aceitos sem discussão. A Santíssima Trindade, por exemplo.

 

Ando ultimamente especulando sobre a lei da migração, as urnas eletrônicas, a invasão da Europa pelos muçulmanos, lei do desarmamento, censura ..que mais? Uma porção de ítens, sem que eu saiba direito qual deles pode causar minha expulsão. Estamos talvez sob a vigilância do “politicamente correto”? 

 

Interessa é que não posso permitir que essa censura, normalmente chamada de espada de Dâmocles, fique pendurada em cima da minha cabeça e funcione como um semáforo com a luz intermitente entre amarelo e vermelho.

 

Sou um homem livre. O face foi um instrumento importantíssimo em nossas lutas pela justiça. Talvez ainda seja. Mas se trata de um empreendimento comercial e portanto tem que ser administrado sob suas regras, mesmo que se discorde delas. 

 

Hoje em dia o comentário mais “subversivo” que corre por aí é que o Zuck se ligou ao Soros e adotou uma política globalista. Enunciar essa simples suspeita me faz um inimigo dele? Não. Criticar sem intenções maldosas, sem malícia intencional, tem que ser encarado como uma postura pró-ativa, de quem busca a verdade.

 

Confesso: estou extremamente desanimado. Parece que meu amado face começou sua órbita descendente. De qualquer forma, me preparo para emigrar: meu site,www.areuniao.com segue discutindo assuntos que, no face, mais se assemelham a minas explosivas, escondidas num chão cheio de emboscadas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Socialismo é estadolatria

January 23, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square