© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Leite com café.

August 14, 2017

 

 
Os nazistas queriam que a Alemanha fosse um país habitado por uma raça só de supermen. Se possível louros, brancos, altos, fortes, focados na afirmação de suas qualidades guerreiras.
Lá, se possível, só gente branca que nem leite. Arianos.
 
Mas eles perderam a II Guerra para outro tipo de pessoas, diferentes do ideal da raça superior. E hoje? A Alemanha abriu as fronteiras  para os muçulmanos e africanos. Por que? Difícil entender a razão dos alemães aceitarem mudar o jogo tão profundamente. 

Pense num motivo para a Alemanha assumir a política suicida de ser invadida pelos muçulmanos. Pode ser por sentimento de culpa pelo nazismo, que massacrou os de outras nacionalidades. Ou uma decisão geo-política de longo alcance, da qual ignoramos o motivo. Ou ainda o resultado de uma forte corrente globalista. Mas o que vai sobrar dessa miscigenação  é que no futuro não vai mais haver Europa branca. Uma absorção cultural, étnica, é inevitável. 

A xícara de leite vai se transformar num café escuro, cada vez mais. Nem será puramente por imposição ideológica. Mas pela aritmética. As muçulmanas são parideiras, costumam ter uma penca de filhos. O oposto das européias. E os muçulmanos também tem outros costumes diferentes. Muitos deles, odiosos. Sua religião é regida por princípios éticos e morais opostos aos da civilização ocidental. A submissão da mulher, por exemplo. Outro exemplo: mutilação genital feminina, que  é algo insuportável à cultura e costumes dos europeus. 

De outro lado, essa guerra ocidente x oriente não é de hoje, vem de milhares de anos. E não se pode dizer que o lado de cá tenha sido sempre  pacífico. Há uma disputa permanente entre os dois lados, sempre conduzida ferozmente, pelas armas. Entretanto a civilização árabe ensinou muito para os ocidentais principalmente durante e depois da Idade Media. Aprendemos de sua filosofia, religião, literatura, ciências, etc. O mundo árabe ajudou a moldar nosso conhecimento.

No capítulo bélico, nós também levamos horror ao lado deles, com as cruzadas, só para lembrar. Mas nas guerras, nunca se havia visto o lado branco aceitar uma invasão física, literal, dos muçulmanos. A Europa, seguindo as coisas como vão, deixará de existir num prazo calculado de 15, 30 anos. As consequências dessa mutação são incontroláveis, imprevisíveis.
 
E agora o Brasil está abrindo suas fronteiras, portas e janelas sem tranca para a migração de muçulmanos para cá. Só que nós não temos nenhum poder de equilíbrio para aceitar tal avalancha de refugiados.

Os brasileiros vão sofrer consequências terríveis dessa migração, - criada e aprovada por decisão de um presidente provisório enfraquecido e um ministro do exterior a quem nunca se outorgou poder para iniciativa de tão alta importância.

Vivemos numa ditadura disfarçada. E isso sim é o mais odiável de tudo o mais.
 
 
Curta nossa página no facebook www.facebook.com/areuniao 
Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square