© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O jacaré está acostumado.

August 14, 2017

Os políticos querem 3 bi e meio para fazer suas campanhas eleitorais.
Quem vai pagar a conta é o estado. Ou seja, nós, de novo.

 

Esse dinheiro está destinado aos partidos, que poderão gastá-lo segundo suas conveniências, sem explicar nada a ninguém.

 

Outra curiosidade: como a grana vai para os partidos (são 36) partidos) está formada uma tremenda barreira ao lançamento de candidaturas independentes.

Um verdadeiro mata-burro. Como aquele antigo slogan que dizia : a campanha do tostão contra o milhão.

Só isso já configura uma situação absurda. Mas essa regalia estabelecida foi agora inovada pelo pt, esse honesto partido. O lula institucional recebeu 500 mil da herdeira do Credit Suisse Bank - o que configura financiamento 
privado para as campanhas políticas.

 

Na verdade, foi só uma parte em dinheiro e o resto em rolex, suspensórios e calcinhas vermelhas, já usadas. Todo mundo achou a coisa engraçada - mas não chiou. Portanto, está criado o precedente: o balão de ensaio parece que funcionou. Ou seja, os políticos poderão levar os 3 bi e meio e ainda garantir financiamento privado. O melhor dos dois mundos.

Enfim, foi isso o que eu entendi, na minha santa ignorância.

Cabe àquele prédio gigantesco do TSE e seus preclaros juízes esclarecerem tais dúvidas pertinentes. Outro fato relevante referente às eleições: pelo que li, o custo de comprovar o resultado das urnas eletrônicas através de pequenas impressoras - permitindo ao eleitor a sensação de que seu voto está protegido - também custaria 3 bi. Se for verdade, teríamos uma remarcable coincidence: 3 bi para os políticos, sim. 3 bi para os eleitores, não.

Como não sou doutorado em Ciências Inexatas, estou apenas ligando lé com cré, faltam fatos que venham a comprovar minhas dúvidas. Ou ilações que corroborem a narrativa - outra palavra nova no vocabulário dos que comentam as atividades políticas. Meu sentimento é que nós somos muito, mas muito inocentes. Pois tem um buraco em nosso caminho, nós sabemos que ele está lá e caímos sempre igual, no mesmo lugar. 

Ou seja, merecemos os nossos políticos. 

 

Mas... de tanto o jacaré ir à lagoa, um dia a lagoa seca.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Pandemia Covid-19 e a Nova Ordem Mundial

March 24, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square