© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

10 (dez) brasileiros comuns escrevem os motivos pelos quais votarão no Bolsonaro para presidente

August 28, 2017

Faz um mês que eu escrevi um artigo explicando porque o Bolsonaro ganhará a eleição de 2018 para presidente.

 

(https://www.areuniao.com/single-post/2017/07/30/Bolsonaro-ser%C3%A1-eleito-presidente-em-2018)

 

Hoje, 10 (dez) brasileiros comuns de todo o Brasil discorrem os seus motivos.

 

1ª)  Rafaela Parizi Leoni (Ribeirão Preto - SP)

 

1- Maior poder e munição para a policia;

2-Fim da progressão de regime para condenados criminais;

3-Escola sem partido;

4- Mínima intervenção do Estado na Economia;

5- Diminuição da maioridade penal;

6- Fim desse Kit Gay nas escolas -Defesa da inocência das crianças;

7- Fim do Estatuto do Desarmamento;

8- Conter a imigração de islâmicos no Brasil;

9- Está fazendo poucas alianças com partidos para poder ter mais flexibilidade de escolher seus Ministros;

10- Creio que seja o mais Honesto dentre os políticos que estão aí para votarmos;

11- Acredito que ira conter o avanço do socialismo que gera muitas desigualdades sociais! Isso é fato;

12- Fim das cotas;

13- É o candidato que mais se aproxima da ideologia da Direita e do capitalismo

 

2º)  Eder Ken Nakamura  (Ibiúna - SP)

 

Votarei nele pelo posicionamento em relações a valores que prezo, como a família, contra a ideologia de gênero, contra o aborto, contra movimentos marxistas. Pela ideia de renovação, ideias novas de administração, como exploração de recursos que temos e implementação de tecnologia agrícola em áreas tidas hoje como impróprias. Outro ponto é ele ser a favor do armamento para o cidadão de bem. Não é Jesus Cristo, não é o salvador, não gosto do "populismo" que ele vem estrategicamente utilizando, acredito que uma proposta melhor de governo seria mais viável. Mas ele é a única oposição ao atual governo (incluo como atual por acreditar que o PT ainda faz parte, só trocaram a sigla partidária) , sendo único candidato de fato com chances de ganhar que não é globalista.

 

3ª) Liamara S. Polli  (Xanxerê - SC)

 

Voto em Bolsonaro porque ele representa os valores nos quais acredito, Deus, Pátria e Família. Acredito que as escolas não devem ser locais de doutrinação ideológica de qualquer que seja o lado que se defende. Moral e bons costumes são o que tornam a sociedade próspera, e o trabalho dignifica o homem.

 

Ildeu Gonzaga ( Minas Gerais)

 

Tenho vários motivos, mas diria um que é vital para todos nós brasileiros: A RESTITUIÇÃO DOS VALORES MORAIS E DA PLENA LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

 

Maurício Noblat ( Goiânia)

 

Porque é a única oposição real nesse momento e que aborda temas como educação, Foro de S. Paulo, desarmamento, combate a criminalidade, penas mais duras, não dar dinheiro para ONGs, debater as reservas indígenas, falar sobre comunismo, valorizar as forças armadas, fomentar algum senso de nacionalismo mínimo, etc.

 

6ª) Juliana Gaioso Pontes  (Campo Grande - MS)

 

É nossa esperança de que dias melhores virão. Acredito que as pessoas hoje estão reféns a bandalheira a desordem a tudo pode tudo vale , eu quero pelo menos tentar a resgatar os valores perdidos, se vamos conseguir? Não sei mas não vou ficar de braços cruzados esperando a coisa piorar. Ainda tenho esperança de voltar a como era na minha infância, eu prezo pela família pelos valores e pelo moral, não tenho preconceito a nada e ninguém, mas não desejo que a baderna se instale no Brasil de vez, se é que seja possível piorar.

 

7º) Renato Valle Castro (Rio de Janeiro - RJ)

 

A pessoa que for eleita, no próximo ano, ditará o destino do Brasil sob o aspecto político, econômico. O aspecto político envolve todo o espectro cujas matérias nos afetarão diretamente. O econômico, nem se fala. Especial atenção na segurança e educação serão essenciais. O único candidato que mostrou real preocupação com a população, visando o seu bem comum foi o Bolsonaro. Aliado ao fato de seu não envolvimento em falcatruas. Todos os outros mostram mais um viés ideológico, deixando a população claramente em segundo plano. E todos são socialistas e eu não aceito de forma alguma o socialismo radical dessas pessoas.

 

8ª) Elizabeth Hofman Jardim (Belo Horizonte - MG)

 

A agenda globalista da esquerda está acelerada em quase todas as nações. Tenho acompanhado algumas lideranças de direita (Itália, Holanda, Inglaterra, Polônia, Áustria, Hungria, Austrália )  que têm se levantado para combater essa agenda. O perfil dessa liderança é de um "piloto de trator",gentil e afetuoso com o povo e demolidor com os criminosos e sua agenda esquerdista anti os pilares da Civilização Ocidental. Bolsonaro tem esse perfil . O mais urgente é barrar essa agenda.

 

9º) Carlo Manfredini (São Paulo - SP)

 

Preocupa-me muito mais o destino que está tomando o mundo de que a preocupação em mera gestão. Bolsonaro ao meu ver sintetiza a voz da resistência popular e conservadora, que é na verdade a essência da maior parcela do povo brasileiro. Sobre a gestão econômica, acredito sim que ele se cercará de mentes mais competentes que ele para tal. Ao meu ver buscará um estado mínimo, mas não a qualquer preço. Tudo ser´pensado levando em conta todas as equações. Eu acredito que passado o receio, os Mercados reagirão bem ao seu governo, pois verão consistência e prudência, com a boa vontade em acertar, ainda mais se ele realmente buscar relações comerciais com nações-governos mais de perfil conservador. E ele já sinalizou isso. Por fim vem a questão da segurança pública, onde tentará modificações importantes no Código Penal.

 

10ª) Harley Liberato (Manaus - AM)

 

Entre todos os presidenciáveis, o único com coragem e que se opõe à agenda progressista e ao estamento político e ideológico que domina fortemente o Brasil.

 

curta nossa página: www.facebook.com/areuniao

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O poder paralelo

November 16, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square