© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

DEM muda de nome e pode tomar uma baita derrota no... CENTRO

September 3, 2017

Fica parecendo que muitos cientistas e consultores políticos do Brasil são aqueles cujas referências estão em autores dos anos 50, 60 e, no máximo, anos 70. 

 

Claro que existem fontes interessantes sobre política nessa época, mas é claro que hoje em dia o cenário político mudou de forma absurda. Na época da disrupção, as coisas estão mudando numa velocidade até exponencial. 

 

Eu questionaria, por exemplo, se as pessoas dando conselhos ao DEM leram no mínimo 10 livros de análise de novos fenômenos políticos que tenham sido escritos desde o Brexit e a vitória de Trump. 

 

Pois só o desconhecimento completo de como estão fluindo os sentimentos do povo em uma época de completa rejeição ao politicamente correto, às falsas guerras de classes e ao establishment em geral justificam a decisão do DEM de mudar o nome para... CENTRO.

 

André Assi Barreto escreve: 

 

Vão transformar o "DEM" no "Centro". Ideia de um publicitário.

 

Por isso essa gente só perde eleições. Se a esquerda tem uma agenda totalmente descolada da realidade das pessoas (querem falar de ciclofaixa e banheiro trans pra quem tá preocupado em chegar em casa seguro e com uma sobra financeira no final do mês), a "direita", em vez de se apegar às pautas que preocupam as pessoas, aproveitando o momento de TOTAL ceticismo do público com a política organizada, políticos e instituições, fazendo do momento a hora de ouro para outsiders com ideias firmes, os caras me vêm com "Centro". Já sabem o que merecem, né? Levar uma derrota no... Centro.

 

André ainda traz uma citação de Dante: "Os lugares mais sombrios do inferno são reservados àqueles que se mantiveram neutros em tempos de crise moral".

 

É claro que o "centro" vai ser motivo de piada e rejeição social desde o início de sua criação. 

 

O "centro", neste momento histórico, significa covardia, capitulação e oportunismo.

 

Imagine em uma época passada alguém questionando sobre o fim da escravidão: "Devemos acabar com a escravidão ou manter isso tudo aí?". O sujeito responderia: "Nem um, nem outro. Sou do centro". 

 

A melhor coisa seria o DEM aparecer em público dizendo que tudo foi uma grande piada, mesmo que ninguém tenha achado engraçado...

 

Caso contrário, eles que aguentem as piadas que os outros farão sobre esse nome. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square