© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Ué! agora é proibido?!

September 17, 2017

 

Passei em frente do seu hotel, o tradicional Majestic em Porto Alegre,  para pega-lo para almoçar comigo. O gerente reclamou que ele "atravessava"  dando em cima das mocinhas que eram hóspedes. Quando questionei, respondeu que era mentira. "Mas pode espalhar, pois aumenta o meu cartaz." Achava-se muito velho para isso e concluiu: "Meninas tem borboletas na cabeça em vez de ideias. Não sei o que elas querem, mas eu estou repleto de más intenções!"


Perguntei-lhe o porquê nunca se casara. Respondeu:"Porque todas as mulheres são muito perguntadeiras, como você!"


Mostrou um ancião que andava e parava, olhava para os lados, seguia mais um pouco, parava novamente. "Este sou eu, mas só amanhã. A passagem para os setenta é uma linha imaginária, como a da passagem do Equador, o navio não dá solavanco e a gente não sente nada!"


Enquanto caminhávamos para o restaurante o sol à pino fez o suor brotar na sua testa. Enfiou a mão no bolso para tirar o lenço e enxugar, mas saiu uma calcinha. Não perdeu o prumo: "Estas minhas filhas aprontam cada uma!"


Alguns jovens surgiram protestando contra a corrupção no governo, xingando à inércia da população. Ele aprovou e citou uma frase de Castro Alves em Navio Negreiro: "Existe um povo que a bandeira empresta para encobrir tanta infâmia e covardia!" Tive de concordar, ninguém discordaria...


Continuamos a caminhar calados. Encontrou um conhecido que lhe perguntou: "Passeando, poeta?" Retrucou:"Ué! Agora é proibido?!"


Na cantina sentei-me ao seu lado, mas pediu que me sentasse do outro lado pois era "canhoto daquele ouvido". Obedeci, sempre obedeço aos mais velhos. Falamos de política e criticou a época da ditadura. Citou o general Medici: "Era tão burro que até os outros generais notavam..." Não gostava do governo militar. Mudou de assunto. Quis saber onde eu passaria os feriados seguintes. Respondi que estavam longe, mas talvez na praia, e indaguei se não gostaria de ir.
"Eu, não! Não me orgulho do meu corpo."
Comeu em demasia no almoço, repetindo de tudo: do macarrão com carne assada à sobremesa que era quindim, sua preferida. Ele afirmou que só conseguiria levantar da cadeira com uma cesariana e riu. Não pagou a conta, deixando que eu o fizesse sem muita cerimonia.Não era nada fácil convence-lo a fazer algo de que não gostasse...
Era um homem de personalidade, ou melhor, de múltiplas personalidades, todas elas teimosas e geniais...  Confesso que lamentei a sua morte, mas ri ao pensar nas suas últimas palavras: "O céu deve ser muito aborrecido porque lá tem chatos de todos os séculos, aqui a gente só aguenta os chatos da geração da gente..." - ia ter que aturar!
( baseado em ditos do poeta Mario Quintana em "adaptação fantasiosa" de Annarre Smith)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Pelé,Xuxa e Greta Thunberg

December 13, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square