© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A ambiguidade do Anti-herói Janot

September 18, 2017

 

A Folha de SP divulgou que depois de ficar preso por 76 dias, a pedido de Janot, o procurador Ângelo Villela quebrou o silêncio e afirmou que o colega construiu a delação da JBS para derrubar Temer com o objetivo de impedir a nomeação da nova procuradora Raquel Dodge, líder de grupo político antagônico.

 

Villela, ex-amigo pessoal de Janot, é acusado de ser um infiltrado da JBS e no momento está atacando ao seu acusador.
Ele relatou que integrou um grupo reservado do gabinete da PGR para troca de mensagens onde o chefe chamava Dodge de "bruxa" e atirava as suas "flechas" ao novo alvo.


O imenso acordo de delação da Odebrecht teve uma participação fundamental de Janot, assim como a LavaJato, não se pode negar. De outro lado somos obrigados a perguntar a razão deste procurador-geral nomeado por Dilma preservar de investigação e "flechadas" à ex-presidente na compra  escrota de Pasadena e ao Lula no caso mensalão? Por que deixou de investigar também às denúncias sobre Lula e Dilma e às contas milionárias que Joesley delatou, ou mesmo ao Pacto de Sangue de 300MI com a Odebrecht?


Explicaria à escolha de Temer como alvo a sua inimizade com a nova procuradora, na posse da qual não foi? Ou será que com 37 delatores contra o Quadrilhão do PMDB se sentiu obrigado a agir? Ou mesmo, queria sair do Poder sob holofotes e aplausos para se candidatar ao governo de Minas?

 

Nunca saberemos.


A entrevista de Villela para a Folha revela porém as entranhas de uma instituição dividida da qual dependemos para combater os desvios do dinheiro público, onde a vaidade pessoal de Janot pareceu até agora imperar. Não se espera que este colabore com o grupo rival de Dodge.


A guerra está conflagrada na PGR. Perde o país que fica à mercê dos corruptos, dos Sarney, Maias, Collors, Neves, Fufucas, Coelhos  e etc.

 

Janot como Anti-Herói foi útil contra o Quadrilhão do PMDB, só o futuro dirá se as suas "flechas" estavam muito bambas para atingirem o alvo, ou não.

 

De todo modo, fora do Poder não é mais um arqueiro, mas mero alvo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square