© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Porquê não copiamos?

September 25, 2017

 

 

Um dia destes, li que o prefeito de São Paulo usa o socialismo (hein?!...) como bandeira para propagar sua expertise em administrar uma cidade do porte de São Paulo.


Socialismo é uma doutrina política e econômica que surgiu no final do século XVIII e se caracteriza pela ideia de transformação da sociedade através da distribuição equilibrada de riquezas e propriedades, diminuindo a distância entre ricos e pobres.


Por outro lado, o capitalismo tem como objetivo o aumento de rendimentos e obtenção de lucro. Muitas críticas foram feitas em relação a este sistema, pois a concentração e distribuição dos rendimentos capitalistas dependem muito das condições particulares de cada sociedade.


Nada mais sugestivo do que oferecer ao mais pobre o que o rico tem de melhor.


Fico me perguntando se este prefeito tem noção das experiências socialistas pelo mundo afora.

 

Todas faliram.


Seria bom que o prefeito se atualizasse e visse que a implementação do socialismo é muito complicada, e em vários países socialistas de hoje, as pessoas são exploradas pelos seus governantes.


O socialismo tem como visão o bem comum de todos os indivíduos da sociedade, sendo que o governo providencia o que é necessário para os cidadãos. Teoricamente. 


Cabe perguntar como serão geradas riquezas que atendam as necessidades de um povo, sem que se tenha a responsabilidade de produzi-las? 

 

As empresas estatais já provaram, principalmente no Brasil, que são mal administradas, gerando empreguismo, nepotismo e corrupção.


Valeria a pena estudar um dos "socialismos" mais justos e competentes; o dos EUA onde todos os cidadãos independentemente de cor, credo, religião, ideologia e principalmente idades avançadas têm os mesmos direitos e recursos para viver uma vida digna e equilibrada. 


Para que isso tudo possa acontecer é inevitável a arrecadação de recursos provenientes de impostos que, no caso dos EUA é de 7% e que os consumidores pagam já embutidos nos produtos a serem consumidos pela sociedade. 


No Brasil chegamos à quase 50% de impostos em alguns produtos de primeira necessidade ao consumidor. E como são mal aplicados, quando não desviados, pouco ou nada retornam como benefícios a que toda a sociedade tem pleno direito. Educação, saúde e segurança.


A sociedade brasileira, por incrível que possa parecer, paga impostos sobre impostos. Inacreditável para muitos estrangeiros que aqui procuram investir.


Eu sempre fui simpatizante do imposto único e de uma ampla e profunda reforma política que viabilize uma representatividade rigorosamente alinhada aos interesses de nossa sociedade. 


Consequentemente, com um programa de educação coerente, seriamos mais cultos e educados nos princípios de cidadania e patriotismo. Com isso teríamos menos custos em saúde e segurança.

 

Um sonho?

Não! Isso existe, bastaria copiar de onde está dando certo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Pelé,Xuxa e Greta Thunberg

December 13, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square