© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O prefeito "made in China"

October 9, 2017

 

 

O prefeito João Dória, depois de um ano de governo, parece ter "esquecido" da ampla maioria de votos que recebeu para "endireitar" a cidade de São Paulo arrasada pela prefeitura petista de Haddad.

 

Após ações (que agora parecem midiáticas) de renovação do túnel  da 9 de Julho, tentativas de acabar com a Cracolândia, etc, deixou-se picar pela mosca azul do Poder.

 

Preocupa-se mais em angariar apoio para a presidência do que em cumprir as metas prometidas. Não mais visita os postos de Saúde, nem fiscaliza, como fizera de início, que se tornaram meros locais de "bater o ponto" e sumir, deixando os pacientes abandonados e sem serem medicados.

 

A Avenida Paulista (cartão-postal, centro financeiro paulistano, com o seu melhor museu o MASP) virou uma mini- Cracolândia com "tendas de acampamento" no vão deste museu, repasse de drogas, maior centro de roubo de celulares da capital, banheiro à céu aberto, etc.

 

A Oscar Freire, local de comércio mais visitado pelos turistas, tem calçadas abandonadas, mendigos com crianças  em cada esquina e bancas de artesanato ilegais prenunciando que poderá vir a ser a nova 25 de Março.

 

Toda a cidade  sem fiscalização ou policiamento eficaz, onde o turista tem o seu celular e dinheiro roubado diariamente. Eventos "particulares" multiplicam-se pela cidade com som alto pela madrugada.

 

Os números comprovam: redução na extensão de  guias e sarjetas, redução de serviço de 55,78% das galerias inspecionadas e reformadas; 38,59 das calçadas; 36,01% limpeza de bocas de ladrão e bueiros, 24,86% de limpeza de pichações; 24,5%  troca da quantidade de lixeiras... Sem falarmos da iluminação da cidade, calçamento e ruas esburacadas, semáforos sem funcionar, etc.

 

Doria arrisca-se a se tornar um prefeito-fake, verdadeira capa de revistas de piada como a MAD, ora fantasiado de gari, ora de um boneco de terno e gravata postulando à presidência.

 

Ou mostra para que veio à prefeitura- ser um hábil gestor presente à administração da cidade, ou será visto como um outro palhaço-arrivista postulando à presidir o país sem ter mostrado a sua verdadeira capacidade para isso.

 

Mais fake do que os produtos de grife  "made in China", com boa apresentação, mas falsos e deterioráveis a curto prazo.

 

Será suficiente como "inseticida" contra a mosca do Poder que o picou a nossa critica, repúdio e decepção?!

Esperamos para comprovar...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square