© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Manicômio consentido.

October 9, 2017

 

Me mantive de boca fechada no meio dessa tormenta em que ficamos mergulhados, discutindo a ideologia de gênero. Parece que um lado quer liberar geral a sexualidade, dizendo que foder com criancinha é legal, como faziam os gregos, coisa e tal. Olha, para mim, adulto que forçar sexo com criança merece ser encostado na parede e fuzilado. Não interessa se o fulano estuprador é ou não doente da cabeça. Bala nele, sem Freud por perto dando explicação.

 

Por que essa onda de mostrar adulto pelado para criancinha? Meus filhos se acostumaram a me ver andando em casa sem roupa, toda a vida. Nenhum pecado nisso, nossa relação sempre foi natural, saudável. É diferente dessa tal exposição no MAM, onde um adulto ficou pelado, com uma menininha, estimulada por sua mãe a tocar no corpo do marmanjo. Dessa maneira, o contacto liberado com um adulto estranho, nú, como que dá “licença” para as crianças aceitarem a idéia de sexo com ele. Ou qualquer outro adulto. É igual como insistimos com uma criancinha para que ela faça um coceira  na cabeça de um cachorro, para ela perder o medo de ser mordida.

 

Já não chegam as sugestões do show-biz na tv ensinando criancinha que rebolar a bunda, como se estivesse trepando, é uma forma de arte?

Nas favelas (detesto a palavra comunidade) tem muita mãe que entrega suas filhas menores para fazer sexo com traficante, para tirar vantagem disso.

 

No nosso Brasil assassino, todas as barreiras morais estão caindo. A droga, os bailes funk onde as meninas vão sem calcinha, já “preparadas”, como elas dizem, para facilitar o sexo inconsequente, liberado. E daí dá-lhe garotinha jogada com filho no colo, desamparada, traficando para viver. E as doenças venéreas, então, no meio de tanta ignorância?

 

Outro dia uma mulher, aqui no Face, me acusou de ser “quadrado”, fora da realidade.Taí, concordo. Melhor do que eu ficar discutindo com que idade um menor pode mudar de sexo, pago pelo Estado. Depois, muitos desses trans desbundam, alguns se suicidando, perdidos em sua sexualidade e estilo de vida.

 

Estamos vivendo num manicômio consentido. Dignidade, auto-conhecimento, valor moral, patriotismo - nada disso é enfrentado com firmeza pelas “autoridades”, que se deixam levar pelo "politicamente correto".

 

Tem quem veja essa devastação da sociedade como resultado de uma política globalista, que quer destruir a família, cortar a idéia de ter filho, herdeiro, para os bancos e políticos centralizarem o dinheiro e o poder. 

 

Quer saber? Quase acredito nessa “vontade secreta” de pessoas de esquerda com planos diabólicos de liquidação de uma sociedade normal, papai-mamãe.

 

O governinho Temer, com seus inefáveis ministros, seu STF, a justiça dominada, os políticos roubando na mão grande... tem eles qualquer chance de promover qualquer mudança nessa esbórnia que estamos vivendo? 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square