© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Houdini, um mágico quase brasileiro.

October 31, 2017

 

Quem tomou o poder no Brasil blindou bem os seus privilégios. O pt, cheio de ladrões espertos, ficou bem acordado durante os anos em que mandou de maneira ostensiva.

 

Desmontou nossas defesas, cuidadosa e metodicamente. E agora, como podemos nos soltar das cordas apertadas que nos aprisionam?

 

Estamos que nem o mágico Houdini, algemado e acorrentado, dentro de uma caixa transparente, cheia de água.  O número se chamava “Chinese Water Torture”. Houdini, dentro da caixa coberta, conseguia se desvencilhar milagrosamente dos cadeados e amarrações. O teatro vinha abaixo com o ato.

 

Mas ele não conseguiu se salvar, na última vez. Depois de 3 minutos, mergulhado em agonia, seu assistente quebrou o vidro da caixa, tentando salvá-lo. Ele não morreu - mas foi o fim de sua carreira.

 

Nós somos o Houdini, agora. E parece que teremos o mesmo destino dele. Como vamos conseguir nos livrar dos políticos, dos corruptos, ou os dois num único bandido? Quem virá com a marreta arrebentar o vidro de nossa jaula e nos libertar? 

 

Está tudo "aparelhado". Esta expressão serve para descrever como o Estado brasileiro foi assaltado, em todos os níveis. O inimigo é uma doença que invadiu nosso organismo, nós agora com febre alta de 40 graus. Tratamos homeopaticamente essa grave infecção. Nossa maior esperança, que era a Justiça - se esmaeceu e sumiu. Os juízes do  STF são a razão maior de nosso desânimo. 

 

Mas o STF é só a fita vermelha que enfeita o pacote de desgraças que temos de suportar, em nosso caminho para a venezuelização.

 

Os políticos, em todas esferas do poder, são animais amestrados, leões que fingem rugir, auto-centrados em seus interesses, tocados pelo chicote do Velho Ladrão. O Temer é um desses mulambentos, capaz de todos os malabarismos para ganhar um naco maior de carne.

 

Intervenção Militar? Talvez, se tivéssemos fardados em que pudéssemos confiar. Mas as Forças Armadas foram deliberadamente enfraquecidas e esmerilhadas cuidadosamente, hoje se contentando em fingir garbo e batendo continência para um Ministro da Defesa de esquerda. Vergonha.

 

Onde a saída? Parece que a armadilha está se fechando. Então vamos passear nas ruas, dia 15, numa demonstração-monstro.

 

Vai ver que, de repente...

 

 

 

 

 

 

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

"Eu resolvi fazer e acabou"

December 6, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square