© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O faraó Lula e sua dinastia profana merecem o esquecimento eterno

November 5, 2017

 

A "direita" brasileira está agindo de forma equivocada porque em todas as páginas da "direita" e dos "direitista'"só vemos videos do Lula, matérias sobre o PT e todos os tipos de propaganda disfarçadas.

 

Nem no Instituto Lula, que é o palácio real da pilantragem, ele tem tanto destaque como na comunidade da "direita".

 

A esquerda quando quer queimar alguém, simplesmente coloca o cara na geladeira, no total ostracismo, assim o sujeito desaparece do cenário da mídia, cai no esquecimento, no obscurantismo da indiferença e não se fala mais nisso.  Meses depois ninguém sabe se o cara está vivo ou morto. Tal é a força dessa tática que diversos fatos importantes, que incomodam os petistas foram simplesmente apagados da pauta popular, como por exemplo, a queda dos aviões do Eduardo Campos e do Teori Zavascki, o assassinato de Celso Daniel, Cesare Battisti e os bilhões de reais que desapareceram dos fundos de pensão das estatais.

 

Mas a direita brasileira, que é viciada na análise incessante e não sai do divã do psicanalismo político, mantém as pessoas (que ela tanto crítica) em evidência, compartilhando seus vídeos, suas frases e matérias, achando que com isso está denegrindo e tirando votos de Lula, o que é exatamente o contrário, pois quando divulgamos sua publicidade, estamos agindo como retransmissores de sua propaganda e assim atingindo um público que a própria esquerda não consegue pois não tem penetração, mas se utiliza da direita para conseguir isso.

 

Vale dizer que um dos pilares da propaganda de sucesso é a repetição contínua, é exatamente isso que a esquerda está conseguindo através da direita, repetição incessante e o pior: de graça! Eles não precisam pagar ninguém ou usar verbas destinadas à ONGs ou Lei Rouanet, pois a direita trabalha gratuitamente e com muita eficiência para o esquerdismo, que ela acha que está sabotando.

 

Deveríamos agir exatamente como eles, cortar totalmente o compartilhamento e divulgação das mensagens, propagandas, matérias e qualquer tipo de comunicação que cite a  esquerda e o lulo-petismo, colocando-os no freezer em temperatura mínima, perto do zero grau absoluto, porque a esquerda está tão desmoralizada que não tem força alguma para propagar suas mensagens e mantê-las em evidência.

 

Temos que usar a fraqueza deles e inverter o jogo.

 

Observemos também a atuação dos membros da esquerda nas redes sociais, eles são ignorantes, escrevem errado, não sabem nada de história e muito menos de política, mas são unidos, um defende o outro, como se fosse um imenso organismo vivo, um monstro da mitologia grega com milhares de bocas e braços, dispostos a atacar qualquer um que os critique.

 

Já a direita é egocêntrica e vaidosa, ela passa o tempo criticando seus membros, querendo mostrar quem entende mais de política e de filosofia e no final da luta está cansada, tropeçando nos próprios pés e incapaz de aplicar um potente golpe no queixo do inimigo.

 

Deveríamos agir como no Egito antigo. Quando faraós e sacerdotes queriam apagar a imagem de algum faraó anterior indesejado, eles simplesmente raspavam os nomes e pinturas dele das paredes das tumbas e templos, escrevendo seus novos nomes sobre eles, dessa forma achavam que não só acabavam com a memória do faraó malquisto como condenavam seu espírito ao obscurantismo eterno no mundo do além e isso funcionou, pois hoje, 3 mil anos depois, alguns faraós ficaram desconhecidos da Egiptologia moderna, porque seus nomes e sua propaganda foram totalmente apagados dos muros, painéis e até dos documentos oficiais do Antigo Egito.

 

Nós, que nos vangloriamos de nossa sabedoria e valores morais, deveríamos nos espelhar na sabedoria dos antigos egípcios, que realmente sabiam como fazer sumir um desafeto.

 

O faraó Lula e seus sacerdotes petistas profanaram o Brasil e por isso merecem ser deletados da história e condenados ao esquecimento eterno.

 

Lula merece ter sua dinastia de ladrões completamente esquecida  pelo povo brasileiro e assim se tornar apenas uma múmia desconhecida em nosso Vale dos Reis tupiniquim.

 

Só assim o Brasil poderá renascer e uma nova dinastia de esperança irá surgir em nossa história.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Renan Calheiros, a história de um pilantra

January 21, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square