© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Justiça cósmica

November 22, 2017

 

Você vai, carneiramente, seguindo o trânsito na estrada. Numa curva você enxerga a longa fila de carros que se estende até longe. E pensa: será que aconteceu um acidente?

 

E continua em 1a., 2a. marcha, o carro da frente é sempre o mesmo. E de repente, desabalado, passa um carro pela sua direita, indo pelo acostamento, levantando poeira. 

Mais alguns segundos, outro carro também sai da fila e parte célere   pelo acostamento.

E outro, outro. 

 

Até que você decide: se todo mundo está indo pelo acostamento, só eu vou ficar aqui parado, que nem um idiota?

 

E guina teu carro para a direita, acelerando também pelo acostamento. Outros fazem o mesmo e o lado direito da pista fica imediatamente  lotado. E se uma ambulância precisar passar, como ela vai fazer? Dane-se, você não se sente responsável. Pois todos são igualmente culpados. Todos os que engarrafaram o acostamento, trancando o trânsito. Alguém deu o exemplo... e você só acompanhou. Como disseram os guardas dos campos de concentração alemães, no Holocausto: só segui ordens. 

 

No Brasil, todo mundo rouba, de um jeito ou de outro. Porque se não roubar, o indivíduo vai se sentir um otário. Não há espaço para a lei, porque os juízes também eles são ladrões. Herói é o ladrão que não foi pego e juntou bastante dinheiro para continuar se acertando num rosário de pequenas e grandes corrupções. Ele causa até inveja, porque se deu bem. O sistema está a seu favor. Se a lei pegar um corrupto, uma autoridade, pau mandado qualquer, acaba soltando o indivíduo alegando que uma mala de dinheiro não era prova suficiente. Duas malas seriam? E a gente sorri, resignadamente, reconhecendo outra malandragem que deu certo. 

 

O criminoso lula continua livre e lá no fundo remoemos invejosamente: esse cara é esperto mesmo.  

A justiça aqui tem até recursos demais, para quem tem grana demais.

Prender o lula, agora, já quase perdeu o timing. O congresso, que vai julgar a validade do foro privilegiado já está se mexendo para assegurar juntamente com  essa ignomínia, uma outra: foro também para os ex-presidentes. O que botaria lula fora do alcance da LavaJato. Valendo essa esperteza também para os outros ex, ainda vivos: dilma, sarney, color, fhc... tutti buona gente. 

 

No Brasil, até as boas iniciativas acabam virando contra nós e a favor da desonestidade, dos  criminosos. E nossa Constituição proíbe a pena de morte... É justo? Uai. Sim senhor, é justo. E nem precisariamos gastar tanta bala para acabar com os corruptos. 

Bastaria um abalo sísmico do tamanho do Diluvio Universal e pronto!

O Brasil já sumiria da face da terra, por merecimento cósmico. Nós todos dentro dele.

 

Ou senão talvez a solução fosse distribuir toneladas de balinhas de cianureto para acabar de vez com os brasileiros - pois,  parece, somos uma raça que não deu certo.  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square