© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Mui amiga

December 8, 2017

 

 

Esta bondosa senhora que se declara como uma "amiga de Israel".

 

Que inclusive em 18.03.2008 discursou no Knesset e prometeu “estar sempre do lado de Israel e do seu povo”, está revoltada com a decisão de Trump que reconheceu Jerusalém como a capital do país.

 

Merkel - uma mulher que diz lutar contra o antissemitismo na Alemanha e que mostrou-se preocupadíssima com o sucesso eleitoral do partido “nazi-antissemita” AfD, criticou Trump e disse “que no caso não poderia haver decisão unilateral e ainda não concorda com o reconhecimento do presidente americano”.

 

Curiosamente, vários parlamentares do partido AfD, inclusive Alexander Gauland, aplaudiram a decisão de Trump e disseram que ela foi absolutamente correta, nada mais do que já estava decidido desde 1995.

Além disso, os parlamentares do AfD criticaram duramente os expoentes políticos do país por se declararem contrários ao que Trump decidiu e, portanto, contra o Estado de Israel.

 

Angela Merkel, Sigmar Gabriel ( ministro das Relações Exteriores e compadre de Mahmoud Abbas) e Frank-Walter Steinmeier ( presidente alemão ), disseram que Trump errou.

 

Da série: “ Os amigões de Israel”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Futurologices

November 14, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square