© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Na Venezuela, está sendo cometido o maior genocídio dos últimos tempos.

December 13, 2017

 

93% da população venezuelana não tem acesso a alimentação, de acordo com os organismos da igreja, que cumprem uma função social porque o regime comunista não fornece dados.

 

O comunismo em sua versão Castro-Estalinista está nos exterminando, é um plano perverso levado adiante pelo Foro de São Paulo criado no Brasil pelo comunista criminoso Lula da Silva e Fidel Castro e executado por Chávez e Maduro para nos aniquilar. 

 

Com o dinheiro do tráfico de cocaína, o regime comunista contrata paramilitares, assassinos e mercenários da Colômbia e outras latitudes, como também bandas criminosas internas . Para semear terrorismo e morte em nosso país.

 

Todas as instituições governamentais foram seqüestradas pelo regime terrorista cubano juntamente com o Foro de São Paulo e eles incentivam assassinos e terroristas para executar e reforçar suas ações perversas contra um povo faminto e desarmado.

 

Esses comunistas, narcotraficantes que estão no poder praticamente em toda a América do Sul roubaram a vida dos venezuelanos, colocaram um colombiano como presidente da Venezuela, uma nação rica que possui as maiores reservas de petróleo do planeta, e o G2 cubano como a guarda do tirano Nicolás Maduro, políticos e militares sem valores e fáceis de comprar querendo acabar até com nossa idiossincrasia

 

Sem dinheiro (Não há papel moeda) o regime emitiu 33.485.263.539.192 bolívares, um valor que não pode ser nem lido e que equivale a (73 milhões de salários mínimos) em novembro e dobrou a base monetária.A maior impressão de dinheiro jamais visto na nossa história . Mas o mesmo é eletrônico e não há dinheiro.

 

O Chavismo nos roubou muito mais do que todas as dívidas internas e externas da Venezuela juntas. Se eles fazem default ou as pessoas morrem de fome, é uma decisão política, e não é por causa da queda no preço do petróleo. Uma pequena porcentagem do roubado seria suficiente para cobrir tudo isso. Eles estão exterminando a geração atual, porque consome muitos recursos, e assim estão matando dois pássaros com um tiro e acostumando as próximas gerações à escravidão mais abjeta.

 

A assistência humanitária é um direito primário quando o direito à vida foi violado. O Estado é obrigado a aceitá-lo e ser o seu garantidor.

Nestes dias, a justiça dos Estados Unidos, aprovou uma medida que deve ser lei para que o presidente Trump envie ajuda humanitária para o nosso país, mas os procedimentos burocráticos poderiam levar muito tempo e é provável que o chavismo se recuse a aceitá-lo porque seu objetivo é um genocídio friamente calculado e executado.

 

Isso foi o que o socialismo fez em toda a sua história sob o pretexto de "avançar na Revolução".Como nas as câmaras de gás em Auschwitz.

 

Enquanto isso, os presidentes da América do Sul continuam a proclamar aos quatro ventos a DEMOCRACIA, mas seguindo o modelo stalinista, castrista, chavista, e nos dão lições diárias sobre como eles usam e usaram a democracia para conquistar o poder e implementar o socialismo do século XXI através de eleições fraudulentas.

 

Os sul-americanos devem entender que as eleições não são democracia.

A democracia é a independência dos poderes.

Juízes autônomos.

Direito a dissidência.

Liberdade de expressão.

Direito à informação.

Direito ao trânsito gratuito.

Respeito pelos direitos humanos.

 

Emma Sarpentier, psicóloga é membro do Conselho Internacional de Psicanálise, reside em Caracas e é dirigente do Movimento de Resistência Venezuelana Rumbo Libertad

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Pelé,Xuxa e Greta Thunberg

December 13, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square