© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Maduro longe do mundo civilizado

December 23, 2017

 

Na ultima sexta, o governo brasileiro manifestou seu repúdio às arbitrariedades do governo venezuelano, que dissolveu dois governos municipais autoritariamente: Caracas e Alto Apure. O governo brasileiro, na mesma nota, ainda pede para que o governo Maduro reconheça a grave situação do povo venezuelano e aceite a necessária ajuda internacional, inclusive a brasileira, especialmente no caso de doação de alimentos.

 

Atitude perfeita e correta do governo brasileiro. A resposta do ditador sociopata foi a expulsão imediata do embaixador brasileiro, Ruy Pereira, através da decisão de Delcy Rodríguez, presidente da Assembleia Constituinte da Venezuela, funcionária e comparsa de Maduro.

 

Ruy, há meses, havia abrigado secretamente na embaixada brasileira o magistrado Ildefonso Ifill Pino, que, junto com outros juristas, eram então perseguidos pelo governo de Maduro e fugiam do país. Graças à ajuda de Ruy, Pino conseguiu fugir de carro e atravessar a fronteira da Colômbia, onde se encontra atualmente. Pino esteve refugiado dentro da embaixada brasileira por dois meses, em segredo, para preservar a segurança de sua família, enquanto o embaixador brasileiro tentava, em vão, conseguir um salvo conduto junto ao governo do ditador. Junto com o embaixador brasileiro foi considerado também persona non grata o encarregado de negócios da embaixada do Canadá, por críticas ao governo de Maduro.

 

A relação entre o governo brasileiro e o do sociopata Maduro se deteriora rapidamente, em prejuízo dele mesmo. Arrogante e prepotente, Maduro parece não perceber que sem o apoio do Brasil na América do Sul, estará numa situação extremamente difícil.

 

Mas bom senso e inteligência são demais para se esperar desse homem, que em seus delírios totalitários leva seu povo à miséria e à fome.

 

O que se espera agora do governo brasileiro é uma posição firme, de forma a inviabilizar a continuação desse vergonhoso desgoverno totalitário e permitir uma intervenção internacional.

 

O povo da Venezuela não pode continuar como está. A Venezuela precisa de ajuda. E urgentemente.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square