© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O Moedor

December 28, 2017

 

"Talvez devêssemos, todos nós, confessar.
Confessar delitos cometidos e não cometidos, delitos desejados e não cumpridos, amores perdidos, amores encontrados, raiva, afeto, vontades de matar, vontade de viver, delitos sexuais e outros não tão, sonhos enviesados, pesadelos vividos ou imaginados...e até as pobres galinhas, assassinadas injustamente por nosso egoísmo 
Atos de confissão.
Atos de contrição, talvez."

 

Ganhei o livro O Moedor do Enio, estes dias.
Era uma armadilha, como as que o Enio gosta de fazer.
Fiquei prisioneiro de suas páginas, do começo ao fim.
De uma vez só, sem parar.

 

O Moedor, de Enio Mainardi, é uma confissão.
A confissão de estar vivo.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square