© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Sobre a água

March 21, 2018

(1) A quantidade de água existente na Terra é muito maior que a capacidade humana de consumi-la. Some-se a isso o fato da energia solar fazer com que o ciclo da água fique em permanente atividade, o que transforma esse recurso natural num bem infinito.

(2) Os lençóis freáticos não são como poços de petróleo. Eles são permanentemente abastecidos pelo ciclo da água e pela atividade agrícola em larga escala (ficou tristinho?).

(3) É bem possível que os regimes de chuva se alterem com o passar dos anos e em determinadas regiões. O clima da Terra está mudando desde que começou a girar em torno do Sol.

(4) Toda água potável deve ser, primeiro, produzida. Há uma enorme cadeia produtiva até que água chegue ao seu copo.

(5) Como toda atividade produtiva, o setor privado em regime de concorrência faz mais, melhor e mais barato que estatais geridas por burocratas e políticos. Deixe exclusivamente os governos cuidarem da água e outras ocorrências do tipo “Mar de Aral” vão aparecer. Ou melhor, desaparecer. 

(6) O argumento do “monopólio natural” é usado de forma falaciosa e exagerada. Não há uma única e exclusiva forma de oferecer água às pessoas, aos bairros, aos distritos industriais etc. No final das contas esse argumento serve aos interesses de políticos e máfias locais para estabelecer monopólios legais sobre o provimento de água e esgoto.

(7) É virtualmente impossível haver racionamento de água potável quando a mesma e produzida, distribuída e gerida por empresas privadas em livre concorrência.

(8) O Fórum Mundial da Água é uma reunião de burocratas e ONGs discutindo os problemas que eles mesmos criaram. Todos recebem muito $$ para iludir a população de que a água está acabando.

(9) O Fórum Mundial da Água também é uma espécie de culto pagão bancado com dinheiro dos governos. Se você acredita nas graças da "mãe natureza", saia do ar-condicionado e fique 24 horas na mata esperando os carinhos da mamãe onça. Ou da mamãe malária.

(10) O choro é livre e muito benéfico para a contínua alimentação dos lençóis freáticos.

 

*Daniel Marchi é economista

    Share on Facebook
    Share on Twitter
    Please reload

    Posts Em Destaque

    A Pandemia Covid-19 e a Nova Ordem Mundial

    March 24, 2020

    1/10
    Please reload

    Arquivo
    Please reload

    Siga
    • Facebook Basic Square
    • Twitter Basic Square
    • Google+ Basic Square