© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Mão única

March 30, 2018

 

Para quem acompanha há alguns anos a política brasileira com bom senso e imparcialidade, já está claro há muito que diferenças ideológicas em Brasília são apenas um aspecto meramente estratégico de um jogo sujo de poder.
Não é novidade, portanto, para ninguém que observe.


Assim, há anos escrevo que o sistema político é uma máquina movida a poder, e empurrada por uma massa amorfa de indivíduos de toda a sociedade.
Empreiteiras, empresas de marketing, escritórios de advocacia...grandes ou pequenas, milhares dessas empresas movimentam uma engrenagem azeitada com a grana do povo que trabalha.
Essas engrenagens nada tem a ver com ideologia.
Tem a ver com grana -e consequentemente o poder que ela traz.


A ideologia e partidarismos são apenas peças no tabuleiro usadas em momentos políticos em que é necessária a manipulação do povo. Da chamada opinião pública.
Assim, não por coincidência, a polêmica -por ser verdadeira- série de Padilha sobre a história recente brasileira chama essa máquina de Mecanismo.

Detecta com certeira pontaria seu poder e seu enraizamento em todos os setores da sociedade.
E trata como um cancêr, espalhado por todo o organismo, o que antes já chamávamos de doença.

Michel Temer, que hoje se vê cercado pela justiça, envolvido em propinas e fisiologismo, não é nada mais do que uma de suas caras.
Existem muitos temers no Brasil.
Exatamente iguais. Clones, réplicas.
Um deles, eventualmente, se senta na cadeira presidencial.


Para, mais tarde, se revezar com outro, sempre com um único objetivo: manter essa máquina sórdida funcionando.
O que, infelizmente, equivale quase a dizer que a sociedade brasileira, estruturada da forma que está, depende desse funcionamento para sobreviver.
Do pipoqueiro da esquina ao ministro da justiça, todos são engrenagens.
Para mudar isso, só extirpando o mal completamente, numa espécie de revolução.
E...começar tudo de novo.

 

Nesse contexto, acreditar em 'direita' ou 'esquerda' por aqui é acreditar num sonho.
É acreditar na ética, na civilização.
Algo que não existe há muito nesta terra.

 

A Policia Federal e o MP podem ir dando golpes nessa máquina, como acabam de fazer prendendo os brothers propineiros de Temer. Podem ir destruíndo, lentamente, esse mecanismo.


Mas recomeçar...isso cabe à sociedade.
E só a ela.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square