© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Sou rei

May 9, 2018

Um amigo me convidou para fazer parte da AMM- Associação dos Maridos Mandados.

Gostei do nome e, curioso, pedi mais informações. Ele disse que os associados deveriam sempre observar algumas regras de comportamento. Por exemplo: mijar sentado, porque de pé, ao balançar o instrumento, pingam gotas na borda da privada. 

E até no ladrilho do chão. Achei razoável, já que cumpro esse mandamento.

Outra regra: nada de ficar pedindo para a mulher trazer coisas: isso é comportamento de marido folgado e vagabundo. Que tire a bunda do sofá e vá buscar o que quer sozinho. OK, então.

Que atenda o telefone cada vez que ele toca.

Dividir o trabalho de lavar a louça, depois das refeições é outra regra.

Bom, quem fazia isso era o Steve Jobs. Ele disse que ficava pensando, pensando  enquanto esfregava pratos e panelas. 

Ótimo, vai ver que se eu topar esse caminho doméstico acabo ficando gênio que nem ele. 

 

Meu amigo ficou meio tímido quando tentou explicar o que se esperava de um marido na área ...digamos...da sexualidade. Mencionou quantas vezes etc e tal. Não insisti porque estou casado faz demasiado anos então...enfim.

 

Decidi dizer que não, me recusava a ser um marido mandado.

Prefiro continuar como sou, machão e mandão. Minha mulher me trata como se eu fosse um rei. 

 

Bem, desculpe mas não posso continuar esta conversa - é que tenho que buscar as crianças na escola. Na volta, trazer umas coisas do supermercado. Botar gasolina no carro. E dar um jeito na casa, que minha sogra vem jantar hoje.

 

Sou rei... Mas gosto de deixá-la pensar que quem manda é ela, entendeu?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O bezerro de ouro e a liderança política

November 12, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square