© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Ilustre carreira

May 17, 2018

Na suja trajetória do Partido dos Trabalhadores em sua luta para saquear o país e colocá-lo sob controle de uma quadrilha, talvez um dos personagens mais perniciosos -e perigosos- seja José Dirceu de Oliveira e Silva.

Se houve cérebro por trás do tosco vigarista de Garanhuns, durante a formação da quadrilha e durante seu reinado, esse cérebro foi sem dúvida o do Zé.

Zé começou sua ilustre carreira em 1965, como líder estudantil, e acabou sendo preso em 1968 pelo DOPS.

Foi libertado em setembro de 1969, na marra, trocado pela libertação do embaixador americano Elbrick e se mandou para o México e depois pra adorada Cuba, onde foi fazer um curso intensivo de guerrilha urbana.

Fez plásticas pra não ser reconhecido, voltou clandestinamente para o Brasil, viveu por aí até que finalmente -destino fatal- acabou se elegendo deputado estadual em São Paulo, em 1986.

Parceiro do meliante lula desde tempos imemoriais, com ele conspirou para colocar o país sob o jugo de uma enorme quadrilha que acabou institucionalizando a corrupção como seu modus operandi.

No esquema, foi transformado por lula em Ministro Chefe da Casa Civil da Presidência, de onde levou um tombo e foi expulso em 2005, pego com a boca na botija roubando no caso do mensalão.

Foi acusado -especialmente por Roberto Jefferson- de ser o mentor do esquema. E era mesmo.

No mesmo ano teve o mandato cassado por quebra de decoro.

Em 2012, foi condenado pelo crime de corrupção ativa, e preso em 2013.

Foi o fim dos planos de lula de instalá-lo como seu sucessor e poste na presidência.

Ironicamente, foi essa a razão do maior erro do criminoso lula: forçado, acabou colocando a inútil e ganaciosa Dilma na presidência no lugar de Dirceu.

 

De agosto de 2015 a maio de 2017, o Zé esteve preso, condenado a 30 anos e 9 meses de cana, mas conseguiu um habeas corpus para aguardar o julgamento em liberdade, até a decisão sobre seus recursos.

Zé Dirceu na rua é um perigo. Com ou sem tornozeleira, o advogado com registro cassado conspira e conspira descaradamente para articular o decadente PT, tentando a todo custo enfiar o país num buraco mais profundo e livrar a própria cara.

 

Nesta quinta, para felicidade geral da nação, o último recurso de sua defesa foi negado pelo TRF-4, e essa praga deve voltar pra jaula, desta vez por um longo tempo.

Do mensalão às maracutaias com a Petrobrás recentemente, Zé está envolvido em todas.

 

A cana de Zé Dirceu deve desarticular ainda mais o PT, já enterrado até o pescoço, com todos os tesoureiros presos ou alvo de inquéritos, e sem um nome limpo sequer pra disputar mais nada neste país.

Colocar Dirceu em cana é um serviço de utilidade pública.

O Brasil não quer esse crápula na rua.

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square