© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Porcos dançarinos

May 19, 2018

Vendo hoje o decadente e rotundo Maradona descer mais um degrau em sua lamentável carreira profissional e pessoal,dançando como um macaquinho amestrado -ou um porquinho, porque não?- em apoio ao sanguinário ditador da Venezuela, me lembrei imediatamente da dança de outro animal corrupto, aqui em terras brasileiras.
Foi em 2006, quando a corrupta Angela Guadagnin protagonizou uma cena deplorável no senado, dançando em comemoração à impunidade do cumpanheiro do Pt, João Paulo Cunha, absolvido naquele momento.

Exatamente no instante em que menores são massacrados nos porões da ditadura venezuelana, o argentino sem vergonha na cara dança por algumas pesetas -ou seja que raio for o dinheiro com que é pago por Maduro- como um animalzinho de circo.
Amestrados e com ração paga pela esquerda, celebram a corrupção, a violência, a impunidade e o atraso.
Países civilizados, como escreveu hoje Enio Mainardi, enforcaram seus criminosos, citando Nuremberg.
Por aqui e na Venezuela, eles dançam.
Fora do circo -ou dentro dele- onde deveriam estar.
Mas numa jaula, longe dos seres humanos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Renan Calheiros, a história de um pilantra

January 21, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square