© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Áustria e Alemanha

June 8, 2018

ÁUSTRIA

O chanceler austríaco, Sebastian Kurz, do partido conservador, está desapontando os graúdos e os planos da elite da União Europeia. 

Kurz anunciou que, inicialmente, fechará sete mesquitas e deportará todos os imãs radicais. Segundo ele, “na Áustria não existe lugar para sociedades paralelas e nem para o islã político”.

O jovem chanceler resolveu declarar guerra contra os planos de Merkel et caterva. Kurz aliou-se ao Primeiro Ministro húngaro, Viktor Orbán, e não está disposto a continuar com o fracasso multiculturalista em seu país. 

A Turquia já protestou contra as medidas “islamofóbicas” do país alpino.

A imprensa engajada europeia está uma fera com a “intolerância” do chanceler.

 

 

 

ALEMANHA

Enquanto isso, a Alemanha discute como pode um “ refugiado” usando nome falso, “fugir de volta” para seu país, depois de estuprar e matar uma alemã. O Bild Zeitung e a policia alemã publicaram a foto de Ali Bashar, acusado de estupro e homicídio. Ele é um “refugiado” iraquiano de 20 anos. Bashar teria durante seis horas torturado, estuprado e depois enforcado uma garota alemã/judia de 14 anos,Susanna Feldmann.

Segundo as investigações, o crime foi cometido pelo iraquiano e por um turco de 35 anos, que já teria confessado o crime e encontra-se preso.

Os dois elementos entraram no país como “refugiados”. O iraquiano fugiu, há alguns dias, da Alemanha. Ele está sendo internacionalmente procurado.

Dizem que, depois do crime, o criminoso teria voltado para seu país de origem.

Mais uma jovem a perder sua preciosa vida. RIP Susana!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Por que a esquerda prega a diversidade, mas idolatra pessoas brancas e ricas?

February 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square