© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Lembram da zoiuda?

July 19, 2018

A jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ), foi condenada pelo crime de evasão de divisas em processo da Operação Lava Jato julgado nesta quarta-feira (18) no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) em Porto Alegre.
A pena dada a ela foi de dois anos e seis meses. 
Os desembargadores determinaram o cumprimento em regime aberto, substituída por penas restritivas de direitos por exemplo, prestação de serviços comunitários, pagamento de multa e limitação de fins de semana.

 

Ou seja,foi condenada em segunda instância,porém vai continuar livre,leve e solta!

 

No mesmo dia, Eduardo Cunha teve sua prisão mantida pela presidente do STJ, Laurita Vaz. Ela negou pedido de habeas corpus ao entender que não há ilegalidade na detenção do ex-deputado, que está na cadeia desde outubro de 2016.

 

Foram também condenados pela turma do TRF-4 outros réus por diversos crimes: 

 

-Jorge Zelada, ex-diretor da Petrobras, condenado a oito anos, dez meses e 20 dias por corrupção passiva.

 

-João Augusto Rezende Henriques, acusado de ser operador de propinas do PMDB, condenado a 16 anos, três meses e seis dias pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

 

-Idalécio de Castro Rodrigues de Oliveira,condenado a 12 anos e oito meses de prisão pelos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

 

Que a Lava Jato tenha vida longa e condene muitos mais.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ode aos babacas

December 5, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square