© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Ma que baita sucata

August 22, 2018

Olá, Haddad, Gleisi, Chico Buarque, Gilberto Gil, etc etc etc, alguém pode, por favor, me contar que porra de negócio ocorreu em Pasadena, nos Estados Unidos, na primeira década do Novo Milênio?

Eu sei de muita coisa a respeito, mas não quero me precipitar. Prefiro esperar que um de vocês, que apoiam fervorosamente o presidiário Luiz Inácio da Silva, me conte tudo o que se passou...

Quero que vocês entendam que eu, como contribuinte e pagador de impostos no Brasil, tenho o direito de saber, já que a compra da Refinaria de Pasadena pela Petrobras foi feita com meu rico dinheirinho...

Eu sei que por ocasião da compra de Pasadena, Luiz Inácio era Presidente do Brasil e Dilma Rousseff, que havia sido ministra das Minas e Energia de seu governo, acumulava então o cargo de Ministra em Chefe da Casa Civil da Presidência da República e presidente do Conselho Consultivo da Petrobras e que ambos haviam se tornado amigos íntimos do empresário belga Albert Frère, que - coincidência, né? - era dono de uma sucata chamada Refinaria de Pasadena...

Sei também que a Astra Transcor Energy, uma das empresas do belga Albert Frére, comprara a mesma sucata por U$ 42,5 milhões em 2005.

Sei ainda que a mesmíssima sucata foi comprada pela Petrobras um ano depois por nada menos que U$ 1,12 bilhão. Eu disse um bilhão e doze milhões de dólares, ou seja um preço 26 vezes maior....

Sei que tudo pode ter uma explicação, mas preciso ouvir a versão de um de vocês para concluir se houve dolo ou não!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square