© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Sejamos realistas

September 3, 2018

É possível quantificar e identificar o prejuízo causado pela esquerda brasileira ao longo de décadas.

Ele não foi pequeno, foi monstruoso. Talvez, até irrecuperável a curto e a médio prazo.

Sabemos que o Brasil sempre enfrentou muitos problemas, mas “nunca, jamais e em tempo algum” vivenciou uma situação negativa tão grave e dramática.

A multiplicidade dos atrasos que nos impuseram é gigantesca.

 

Os prejuízos foram os mais variados. Dano enorme na educação, déficit este que custará parte do nosso lento desenvolvimento. Danos culturais, econômicos, industriais, políticos, trabalhistas, etc. 

Entretanto, o estrago maior e mais significativo que a demoníaca ideologia causou ao país foi o dano civilizatório. Estamos com quase 70 mil homicídios/ano. Milhões de registros de roubos e furtos - em uma profusão nunca antes vista no Brasil. Crimes de todas as espécies e ramificados por todo tecido social.

 

A esquerda aproximou o país da mais completa barbárie, da involução civilizatória. Nós brasileiros, após a adoção de uma bem-sucedida engenharia social, deixamos de perceber nuances obrigatórias ao decente convívio humano e ao desenvolvimento de uma sociedade saudável.

Fomos nos acostumando com o crime como parte das nossas vidas. Fomos vendo - quase sem reação - nossos valores serem substituídos por postulados ideológicos que nunca fizeram parte da nossa identidade cultural brasileira.

Ficamos menos inteligentes, nossos sentidos foram se voltando apenas para a sobrevivência no dia a dia. Fomos nos acostumando com o inculto, com a desordem, com o feio, com o vulgar, e, sobretudo, com a inversão absoluta de valores. Assim, ficamos cada vez menos civilizados e, controlados pelo implacável cabresto da cartilha politicamente correta e suas regras nefastas, que sempre impedem o aparecimento da verdade e da realidade dos fatos.

 

Nosso Brasil vive um momento ímpar.

Temos em nossas mãos, talvez, a chance de darmos um basta naquilo que dizimou boa parte da nossa civilidade e identidade nacional. 
Garantia de sucesso não há, mas há boa vontade e o propósito de resgatar um país inteiro do caos. Não será fácil e nem imediato. Não existem soluções fáceis para problemas tão complexos.

Ademais, a esperança torna-se vazia quando nada é feito para mudar uma situação indesejável. Por certo, contamos com a Providência Divina, mas Ela nos ordena determinadas ações no sentido de revertermos o mal.

 

Não há espaço para pessimismo, porém, devemos ser realistas.

Caso a esquerda volte ao poder, o projeto anti-civilizatório ganhará força. Desta forma, não há espaço também para errarmos ou nos aventurarmos em planos fracassados no nascedouro. Façamos a nossa parte, deixando o egoísmo de lado: ou nos juntamos em torno de um único resultado na vindoura eleição, ou então perderemos uma grande chance de virarmos esta triste página da nossa cruel história.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ode aos babacas

December 5, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square