© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A violência demente

September 7, 2018

Anos de lavagem cerebral e incitação à violência do principal partido de esquerda brasileiro, o PT, desembocaram hoje no maior e mais vergonhoso atentado contra a democracia brasileira.
A tentativa de assassinato ao candidato Jair Bolsonaro por um zé qualquer (alguns órgãos da imprensa, como a IstoÉ, reconhecem nele claramente um militante da esquerda, o que é óbvio) revela a tragédia da doutrinação e da incitação à violência que a esquerda promove impunemente.


Quem não se lembra de luladasilva afirmando que "ia tocar fogo neste país?"
Ou de Stédile, ou do próprio filho de lula, com a mesma afirmação?
Ou dos atos terroristas do MST, criado para ser o braço armado e violento do Foro de São Paulo de lula e fidel e do Diálogo Interamericano de Fernando Henrique Cardoso.
Ou das ameaças de Boulos, do PSOL, partido a que o "zé qualquer"candidato a assassino foi filiado durante sete longos anos?

 

O PT há muito deixou de ser um partido político para assumir a verdadeira vocação que traz desde sempre em sua genética: a de organização terrorista.
Seus satélites, PSOL, PCB, etc, igualmente.
Foram criados para isso.

 

Hoje é um dia triste e histórico.
Revela-se, finalmente, o estado de exceção em que vive o Brasil, e a impossibilidade da sociedade brasileira conviver com entidades criminosas -com fachada legal ou não- que defendem a violência como argumento e a presença de um condenado preso como candidato à presidência.


A sociedade deve exigir, a partir de hoje, a extinção do PT.
Para os jornalistinhas que ainda ontem defendiam a gloriosa "normalidade" democrática do país, fica a vergonha.

É preciso que as forças da lei se imponham.
Não é admissível que a fábrica de "zés" candidatos a assassinos continue a funcionar impunemente.


O atentado a Jair Bolsonaro é sobretudo um atentado à nossa combalida democracia.

E, dentro de cada um de nós, verdadeiros brasileiros, a fé de que Bolsonaro sobreviverá para recolocar este país nas mão de seu devido dono. 
O povo brasileiro.
Força, Bolsonaro, estamos todos juntos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O poder paralelo

November 16, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square