© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A treta do dia no Facebook

A treta começou hoje pela manhã no perfil do jornalista Dirceu Pio no Facebook.A troca de farpas continuou durante o dia e teve a participação do também jornalista Ethevaldo Siqueira.

 

Dirceu escreveu o seguinte post:

O coice do Kotscho

Coisa que ele não tem por hábito fazer (suponho), Ricardo Kotscho, o dileto assessor de imprensa de Luiz Inácio, visitou minha página de Facebok e, ao ver uma profusão de comentários favoráveis a Jair Bolsonaro, escreveu:

- Quanta escrotidão junta! Pobre Brasil...

Diria que ele está certíssimo! De escrotidão, deve entender mais do que todos nós: passou grande parte da vida enterrado nela até o pescoço...

 

Ricardo Kotscho - rebateu: 

-Sr. Dirceu Pio: não pretendo polemizar com você e teus seguidores boçalnaristas, revelando a que ponto chegaram a leviandade e a insanidade em nosso país. Não te darei este prazer. Só me lembro de você como um jornalista medíocre, sempre escondido atrás de uma mesa de chefia. Agora que resolveu sair do anonimato nas redes sociais, só prova que Nelson Rodrigues tinha razão: "Os idiotas estão perdendo a modéstia".

 

Dirceu Pio - respondeu: 

-Olha, Ricardo Kotscho, saiba que escrevi isto com muita dor no coração, pois sempre esperei e torci para que você fizesse o mea-culpa de sua escolha desastrada...eu me lembro de duas ocasiões em que nos encontramos, na primeira delas foi na cobertura do desastre do avião do Bamerindus e você deve ter na memória que se não fosse este jornalista medíocre aqui você teria dançado beleza; na segunda vez, nos encontramos no aeroporto de Congonhas, eu desembarcando e você embarcando para Curitiba para iniciar o trabalho na empresa do seu amigo José Carlos Martinez e eu até o alertei para a qualidade ética de seu novo patrão; enquanto você assumia um cargo importante na empresa de Martinez, este jornalista medíocre aqui era considerado "persona non grata" por lá...e sabe por que? Eu já havia mergulhado de cabeça no famoso Grilo Santa Cruz, onde a família de Martinez fez um dos esbulhos mais violentos da história da colonização brasileira com o assassinato de dezenas de pessoas...Por último, digo que o nos separou realmente foi a postura ÉTICA pois eu jamais aceitaria trabalhar para ninguém da família Martinez como jamais aceitaria assessorar o Lula ou alguém dessas quadrilhas que ele lidera...abraço

 
Ethevaldo Siqueira,então rebateu Kotscho em seu perfil:
Ricardo Kotscho, ex-grande repórter do país,pirou

Não se trata de divergência de opinião. Mas de comportamento diante dos colegas e amigos, aqui no Facebook. Eu estou, realmente, assustado com a agressividade gratuita de meu amigo e colega Ricardo Kotscho. Ele adotou um estilo de campanha histérica contra todos que não votam no PT.

A proximidade das eleições tem causado essa doença infantil do lulo-petismo em muita gente. Mas o que mais me surpreende é a paixão enlouquecida de profissionais de grande mérito como é o caso de Ricardo Kotscho que conheci em 1967 ao recebê-lo na redação do Estadão e depois de ter acompanhado sua carreira há mais de 50 anos.

Agora me dirijo a você, meu caro Ricardo Kotscho. São inaceitáveis suas atitudes grosseiras, com que ataca Dirceu Pio e sua arrogância ao desqualificar o colega, chamando-o de medíocre e coisas afins. Quem é você, para se julgar assim, tão superior a seu colega? O fanatismo político está lhe transformando numa pessoa sem ética, para dizer o mínimo. Que estrelismo egoísta é esse que o faz tão pretensioso e convencido?Não creio que você seja capaz de se retratar e pedir desculpas, embora esta seja a melhor oportunidade para fazê-lo.

É claro que podemos divergir de nossos amigos e interlocutores, em matéria de ideias, atitudes, argumentos (que me parecem falsos). Mas sempre de forma respeitosa.

Mesmo quando você era assessor de Lula, nunca tivemos qualquer confronto desrespeitoso de ideias, por essa razão, meu caro Ricardo Kotscho. Mas, confesso, que, ingenuamente, eu supunha que você tivesse conhecido de perto seu ídolo, depois do Mensalão, durante o tempo que passou bem próximo de Lula e Zé Dirceu, no Palácio do Planalto.

Tenho lido com alguma frequência seu Balaio, com idas e vindas, e eventuais críticas hipócritas a Lula e ao PT, para enganar os incautos e mostrar sua "imparcialidade". O pior, meu caro, é estar cego pelo fanatismo político e não enxergar a realidade. Por isso, dedico a você, o texto que publiquei aqui no Facebook -- inicialmente dedicado a outros milhares de ensandecidos pelo lulo-petismo.

 

 Ei-lo:
“Por que há tantos petistas que insistem em defender corruptos, fichas-sujas, mesmo depois de processados, condenados e presos – rigorosamente com base nas leis e na Constituição – como aconteceu com seu líder máximo, hoje encarcerado, mesmo defendido pelos advogados mais caros do País, e depois de dezenas de recursos negados?

Como ex-tucano, fui um dos 51.041.155 eleitores que votaram em Aécio Neves, em 2014, sem saber que ele era corrupto. Mas, depois da revelação dos crimes desse político, eu não votarei nunca mais. Quero, sim, que ele seja punido com todo o rigor. E, se condenado, que vá para a cadeia como todos os petistas e sua quadrilha de aliados – como Sergio Cabral – um ladrão já condenado a mais de 170 anos, que superou todos os seus mestres e aliados. 

Diferentemente dos petistas, eu não fico a gritar como um débil mental: “Cadê as provas???”. Nunca saí em defesa de nenhum tucano ou outro político comprovadamente corrupto. Pelo contrário: eu grito: “Pau, neles”.

 

A treta continua sem data para acabar, com a participação dos amigos e inimigos dos dois lados.

 

*Na foto Ricardo Kotscho e seu ídolo Lula

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square