© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O cabo eleitoral do Bolsonaro

October 4, 2018

Estava varejando pelo Face, vendo posts... e parei espantado. Apareceu a figura de uma mulher deitada na cama, de bunda para cima, calcinha invisível, rebolando em convites de lascívia, como que levando choques elétricos de 220 volts.

 

Parecendo perceber que estava sendo olhada, ela vira a cabeça e grita “me come!” Era loira oxigenada, aquela senhora seminua. E com baton desbordando os lábios, que ficaram desproporcionais, uma bocarra enorme. Prestei mais atenção... e ela era um homem. Um trans. E em cada bochecha de sua bunda estava escrito “ele” e “não”. Certamente não um eleitor do Bolsonaro.

 

Mas, tenho certeza que aquela performance espantosa deve ter desviado pelo menos uma dúzia de votos para o Bolsonaro. As feminazis também se juntam para dar esse tipo de show, chegando a fazer suas necessidades fisiológicas na rua, com os peitos de fora. Não tenho generosidade para tentar entender essa gente porca.

 

Uma coisa eu sei, além de fanáticas, elas são burras. Porque homem-homem vê um espetáculo desses com um misto de desgosto e curiosidade mórbida. Dá uma olhada e vai embora. As mulheres normais, também se escandalizam, talvez ainda mais, e se afastam apertando o passo. Se essas maluquetes acham que atingem o candidato com seu número de mau gosto, então falham, miseravelmente.

 

Na cabeça dos passantes fica a sensação que só vota no Haddad mulher ruim da cabeça, são as desviadas que odeiam o Bolsonaro, chegando a esse ponto de exibicionismo imoral. Então fica assim: o povo normal, vota no Mito. As drogadas e homossexuais de todas as marcas... ficam do lado de lá. Claro que estou simplificando, generalizando, quem vai votar em outros nomes, também é gente como a gente, não dando vexame.

 

Mas fica uma certa desconfiança quanto à sanidade mental de alguns eleitores que apesar de ter consciência dos escândalos, roubos e imoralidades óbvias do Lula e sua quadrilha, ainda vão lá na urna eletrônica apertar os botõezinhos que sinalizarão sua preferência indesculpável, que justifica e aplaude a corrupção.

 

A internet está virando um verdadeiro Gala Gay. E quanto mais essas pessoas fazem o jogo de nos chocar, mais depressa a contagem dos votos mostrará que a vitória do Bolsonaro pode ser no primeiro turno.

 

Sou preconceituoso? Não, porém alguns vão dizer que sim.

É que de vez em quando, não dá para resistir.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Richard Wurmbrand — O homem que desafiou o comunismo

December 11, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square