© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Venezuela X Brasil

October 10, 2018

Eis algumas comparações de como o socialismo bolivariano venezuelano, vem acontecendo, sutilmente, no Brasil:

• Em 2013, Maduro exigiu o desarmamento da população e incentivou a criação de milícias armadas para proteger membros do poder. Os governantes do PT promoveram o mesmo. 63% da população brasileira defendeu o armamento civil mas passou a vigorar o Estatuto do Desarmamento e os Direitos Humanos reinterpretados com normas para proteger milicianos do PCC / CV e outras facções favorecendo o tráfico de drogas e armas pesadas para uso dos criminosos.


• As polícias venezuelanas foram unificadas na GNV (Guarda Nacional Bolivariana), comandada por cubanos. O Brasil aceitou o SUSP, Sistema Único de Segurança Pública (Lei Nº 13,675 no dia 11 de junho de 2018) comandado por um comunista (Raul Jungmann) membro do Foro de São Paulo.


• A fraude nas urnas eletrônicas elegeu Chavez e Maduro. A fraude eleitoral elegeu Lula, Dilma e quer eleger Haddad.


• O STJ venezuelano dominou o poder, apoiando o socialismo bolivariano. STF apoia a manutenção do processo de socialização no Brasil.


• O Congresso venezuelano perdeu força e muitos deputados renunciaram e foram perseguidos, presos e até assassinados. O Senado brasileiro não teve competência para questionar as cusparadas que o STF deu na Constituição.


• Nicolás Maduro promoveu perseguição a todos que votaram contra o regime castrista do socialismo bolivariano do Foro de São Paulo. O socialista Raul Jungmann está perseguindo todos que denunciaram a fraude dantesca ocorrida no 1º turno das eleições com o uso das urnas smartmatic.


• A imprensa venezuelana recebeu muito dinheiro para apoiar o poder. A mídia que não se curvou foi cassada, fechada e os jornalistas foram trabalhar fora do país. A imprensa brasileira recebe muita grana para apoiar o poder e faz questão de monitorar através de fact checking quem desafia o poder corrupto.


• Chavez, Maduro e políticos influentes da Venezuela associaram-se ao tráfico de drogas e quebraram a PDVESA, empresa petrolífera associada à OPEP. Lula, Dilma e políticos influentes do Brasil, associaram-se ao tráfico de drogas (PCC/CV, Farc e Bolivia...) e quase quebraram a PETROBRAS.

 

Enquanto o PT e os comunistas camuflados nos grandes partidos e instituições, nas universidades, nos sindicatos... Estiverem ativos participando das decisões, enquanto as mídias forem financiadas pelo governo, ONG's estrangeiras e traficantes de drogas... O Brasil corre perigo.

É urgente a reestruturação do modelo político e o rompimento com o globalismo.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O homem do controle social

December 7, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square