© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Entre o vinagre e o vinho

October 15, 2018

Ao decidir apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro e deixar-se fotografar ao lado dele, a atriz Regina Duarte certamente sabia que iria despertar indignação entre muitos de seus pares de Rede Globo.


Falou mais forte, contudo, o desejo de voltar a ser, aos 71 anos, a “Namoradinha do Brasil”. Está aí uma moça que sempre soube fazer a coisa certa na hora certa: não há como ficar indiferente à confluência de milhões de brasileiros ao único candidato que pode, objetivamente, afastar o pior - o retorno ao poder dos quadrilheiros de todos os matizes.

Entre as vozes que, por enquanto, já se levantaram contra Regina está a atriz Patrícia Pilar, cujo grande feito da carreira foi ter sido casada com o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes. Já estão separados há alguns anos, mas ainda nesta campanha ela diz que votou nele para presidente da República.

ESQUECEU DO PRÓPRIO RABO
Patrícia Pilar pergunta à Regina pelo Twitter: “Com toda admiração e respeito que tenho por você, Regina, faço aqui uma ponderação: de antemão te digo que nunca fui petista, minha preocupação é com o Brasil. Mas você acha que a solução neste momento é votar em um candidato que nunca administrou uma rua sequer? Que se apresenta como salvador da pátria, mas não tem o menor conhecimento sobre economia, saúde e educação?"

Quem fica muito de olho no rabo alheio, esquece de ver o seu!

Não há nada mais petista que o seu ex-marido: deve ter ficado possesso quando o presidiário Luiz Inácio o preteriu e escolheu Fernando Haddad como seu candidato. Afinal, de que adiantou ter prometido sequestrá-lo para entregá-lo numa embaixada quando estivesse na iminência de ser preso?

Outro detalhe do qual Pilar se esqueceu completamente: em matéria de educação, seu ex-marido entende apenas de fraudar as provas do Enem no Ceará para elevar as notas do IDEB e assim poder se vangloriar de que o estado administrado pelos Gomes tem nada menos de "82 das 100 melhores escolas do Brasil"....

JÁ ESTE NÃO SE OLHA NO ESPELHO
Outro que saiu da toca para agredir Regina Duarte é o canastrão Zé de Abreu: “não respeito artista que apoia fascista!”, protestou pelo Twitter. Não tem por hábito olhar-se no espelho: há menos de seis anos, Abreu, junto com seus pares petralhas, protagonizaram o espetáculo mais nazifacista da atualidade, quase expulsando do Brasil aos gritos ensandecidos de bordões vermelhos, a blogueira cubana Yoani Sanchez. O bando não permitiu que a moça desse entrevista à TV brasileira e a perseguiu em todos os lugares por onde andou – Salvador, Brasília, São Paulo....

Já cuspiu na cara de pessoas em restaurante de São Paulo e ofendeu com mentiras disparadas pelo Twitter a família enlutada do jornalista Sandro Vaia no exato dia de sua morte...

E a TV Globo, que afastou o jornalista Willian Waak por ter pronunciado uma frase politicamente incorreta nos bastidores, mantem esse desclassificado no elenco de todas as suas novelas...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Flagrante atentado à ordem pública

November 19, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square