© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A desfaçatez criminosa do voto em branco

October 19, 2018

Caberá  ao capitão da reserva do 8º Grupo de Artilharia de Campanha Paraquedista do Exército, 63 anos de idade,   Jair Messias Bolsonaro, deputado federal pelo Rio de Janeiro por vários mandatos, livrar o Brasil de uma tragédia que com certeza virá em no máximo dois anos se o PT for trazido de volta ao poder neste  2018. Quem não consegue enxergar isso adquiriu a cegueira do fanatismo ou permitiu que a desinformação ou a emoção exacerbada lhe turvasse os olhos.

Começo por dizer que o impeachment de Dilma Roussef não foi obra de Eduardo Cunha, Hélio Bicudo, Reali Jr ou Janaína Paschoal. Estes deram apenas o empurrão final para encerrar um governo fincado sobre um modelo que demonstrava sinais de exaustão desde o último ano do governo de Luiz Inácio...Dilma teve de largar o osso alguns meses antes da hora, mas seu governo  se tornara insustentável já no primeiro mandato e hoje está claro que ela conseguiu o segundo devido a um esquema gigantesco de corrupção e fraude eleitoral.

MODELO FRADULENTO
O modelo adotado por Luiz Inácio e depois transferido a Dilma Rousseff esteve baseado do começo ao fim em quatro fatores explosivos: 
1)- desobediência fiscal severa e contumaz...
2)- subsídios como instrumento de combate à recessão...
3)- aliança com empresas corruptas e corruptoras....
4)- adoção de programas sociais amplos sem qualquer preocupação com fraudes e abusos...
5)- permissividade e incentivos a todo tipo de corrupção....
É claro que a adoção de um modelo como esse vai trazer fartura e transferência de renda durante algum tempo.

NÃO DURA MAIS DE 10 ANOS
Ao cabo de uma década, se tanto, o modelo se exaure e começa a entrar num ciclo de perversidade. A roda da economia para de girar, advém o desemprego em massa, e sem demora começarão a faltar recursos para a saúde e educação.

O que algumas pessoas têm dificuldade de perceber é que o PT morreu e já foram enterradas junto com ele toda a esperança e a confiança que um dia despertou.

Para esse partido não haverá recomeço e isto deve indicar às pessoas de bem que se por desventura ele retornar ao poder a crise se instalará junto com ele, e dessa vez com maior virulência, desde o primeiro dia.

Só lembro que o impeachment de um Fernando Haddad não será um processo tão pacífico quanto foi o de Dilma, pois embaixo da crise sem precedentes na história brasileira, os ânimos estarão bem mais exaltados...
Poderemos caminhar rapidamente para a venezuelização do Brasil e isto há muito tempo deixou de ser uma mera figura de linguagem...

O QUE ESPERAR DE BOLSONARO
Por outro lado, o que esperar de um governo Jair Bolsonaro ? Deixo que parte da resposta seja dada pelo jornalista Fernando Gabeira que conviveu com ele como parlamentar durante oito anos na  Câmara Federal, em Brasília: “Não, ele não é preparado para governar o Brasil, mas é possível que se prepare enquanto governa”.
Gabeira deve ter captado as mesmas impressões que eu armazeno nesses meses de campanha: Bolsonaro é um homem inteligente, sagaz e dotado de grande mobilidade intelectual, haja vista a forte influência que o economista Paulo Guedes já exerceu sobre ele a ponto de demovê-lo bastante de suas convicções estatizantes.
Além disso, Bolsonaro será colocado na presidência por milhões e milhões de eleitores que depositam nele confiança e esperança. Com certeza, fará de tudo para não errar.
E mais: chega ao topo do poder sem ter feito nenhum conchavo ou acordo escuso com grupos ou facções e promete compor o ministério com total independência.

Por essas e outras é que eu acho que o voto em branco ou a neutralidade neste momento histórico da nação é no mínimo um equívoco ou uma grande irresponsabilidade. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square