© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Pedidos de natal

November 27, 2018

 

"Período de graça" é quando alguém se refreia de criticar um determinado assunto enquanto ele ainda está em seus prolegômenos - reservando sua opinião na esperança de que algo de bom aconteça antes de meter bronca. 

 

O governo Bolsonaro, prestes a ser entronizado, está  entrando nesse "período de graça".Portanto, nada de atirar pedras precipitadamente, por favor. Por uma questão de bom senso, mantenhamos em suspenso nossos juízos excessivamente críticos. 

Deixemos ao Boulos, o bolo de bosta, essa ingrata tarefa de esculhambar

sempre, indiscriminadamente. 

 

O novo governo ainda nem virou governo, de fato. Mas já abriu espaço para algumas considerações. A primeira delas é um pedido que quero

fazer ao Bolsonaro:  por que você ainda se arrisca tanto, meu velho?  

Seu comportamento continua igual ao que era antes de levar a facada.

Por favor suma por um tempo, para evitar "acidentes". Você não quer desperdiçar meu voto, quer?  Outro dia uma professora amalucada gritou contigo bem perto da tua orelha, enquanto os seguranças se quedavam paralisados. Foi ruim, muito ruim.

 

Quero também colocar aqui uma revolta pessoal. Nossos políticos 

estão botando fogo no Brasil, na busca de terra arrasada, antes de largarem o poder. É fácil ver ver essa traição.

A caneta dos legisladores esvaziaram de tanto colocar assinatura

em iniciativas oportunistas que só trazem vantagens para eles mesmos.

Os nobres senadores  querem mudar tudo de afogadilho, nas suas últimas semanas de vida (in)útil. Vamos reagir e não deixar que essa onda desonesta se avulte. Chega o que já temos de aguentar do Supremo, tão entregue a interesses político-partidários. Um dia, essa gente será trocada. Quanto antes, melhor.

 

E, agora, numa onda de puxa-saquismo pessoal, termino (sem terminar nada) desejando que o governo Bolsonaro consiga corresponder às expectativas mais exageradas. Porque depois de tantos anos de roubos 

e traições do PT, merecemos um refresco. Espero processos duros em cima

desses corruptos. 

 

Mais um desejo: que o Lula receba muitos correligionários lá na cadeia

e eles, com seus corações transbordando de solidariedade, decidam morar junto com o ladrão, pelo resto da vida. Seria meu presente de Natal. 

 

Outro presente natalino: que o Temer, agora depois de assinar esse

injusto aumento do STF e cúmplices, pegue pela frente um Moro mal humorado e seja devidamente julgado pelos seus alegados crimes de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução de justiça.

Quem mandou ele assinar tal barbaridade populista? 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A República dos Criminosos

December 12, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square