© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Fim de carreira

November 29, 2018

 

O golpe planejado há um ano por Michel Temer contra a Lava Jato e a favor dos amigos da quadrilha está finalmente sendo colocado diante do país, na votação que hoje os desacreditados ministros do STF realizam, decidindo sobre o imoral indulto de Natal decretado pelo presidente tampão.


Se for concedido, ao menos 22 pulhas deverão sair da cadeia.
Mas não se trata de criminosos comuns...fazem parte da mesma gangue que gerou o própro Temer: o 'perdão presidencial’ se estende à engaiolados por crime de corrupção e peculato.
Entre eles, Eduardo Cunha, Antonio Palocci e José Carlos Bumlai.

Caso aprovado, o indulto não poderá ser revogado por Jair Bolsonaro quando assumir.
Temer, previdente, pensa no futuro próximo.
Sua carreira política está arruinada, eleito e carimbado como um dos piores presidentes de nossa história. Mas a vida continua.

E a vida de Temer, após sair da presidência, promete se complicar, ele próprio um candidato forte à jaula, pelos desmando e crimes de que é acusado.
Luta como pode, portanto, para beneficiar que pode lhe beneficiar no futuro.
O jogo, aliás, a que está acostumado desde que iniciou sua lamentável carreira política.

Jogo velho.
De um político velho e acabado tentando livrar a cara de outros como ele.
Estarão todos, cedo ou tarde, presos.
Já não há espaço -e nem ar- para que esses dinossauros corruptos sobrevivam.

*Vide Pezão, criminoso preso hoje pela manhã no Rio.
Para onde correrão os ratos agora?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Socialismo é estadolatria

January 23, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square