© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Fernanda Lima X Eduardo Costa

December 1, 2018


 

 

A Rede Gobo de Televisão anunciou há quatro dias uma dança das cadeiras entre o jornalismo e o entretenimento, decisão imediatamente interpretada pelos “analistas” como uma tentativa da emissora de estancar a sangria de audiência.

Aqui no meu canto, considerei inócua a decisão; faria melhor, a emissora-líder, se revisse a sua pose-olímpica-arrogante e fizesse uma interpretação mais acurada do momento político.

Ainda na madrugada desta sexta pra amanhecer sábado (30 do 11 para 1º do 12), vi pelo programa "Conversa com Bial" que rolava uma pendenga entre a apresentadora Fernanda Lima (Amor & Sexo) e o cantor sertanejo Eduardo Costa.

Eu mal conheço Eduardo Costa e sei apenas que é muito popular (um de seus videoclipes no Youtube tem quase 59 mihões de visualizações) e que, recentemente, gravou uma eloquente mensagem de apoio a Jair Bolsonaro...

Pouco vejo o programa de Fernanda Lima e nem a tenho como sex symbol...É muito magra pro meu gosto, prefiro mulheres do tipo de August Ames....Fernanda, além de magra, ainda é extremamente arrogante...e chata...

Digo também que raramente vejo o programa do Bial...também troquei-o pelo The Noite, do impagável Danilo Gentili, que naquela madrugada demorou pra entrar no ar...

A BRIGA
Qual foi a razão da briga ?

Fernanda Lima havia encerrado o seu programa da 5ª. feira com um discurso inflamado propondo sabotagem às engrenagens desse sistema “homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino”.

E o cantor, numa interpretação a meu ver correta do destinatário do discurso, reagiu com um tuitaço e, sem meias palavras, chamou a apresentadora de imbecil e afirmou que ela só faz programa pra maconheiro, bandido, e pra esquerdista derrotado...

A CHANTAGEM
Ocorre que Eduardo Costa já havia gravado, antes do incidente, uma entrevista para o Conversa com o Bial...foi então avisado de que a entrevista só iria ao ar se ele se desculpasse...

E ele, do alto de seus milhões de fãs, gravou um pedido de desculpas à apresentadora, levado ao ar antes da entrevista... E Pedro Bial arrematou a chantagem derramando uma caçamba de elogios à Fernanda Lima...

Se a Globo viesse me perguntar porque troquei Bial por Gentili ouviria uma resposta que ajudaria a explicar essa sangria de audiência: vejo Danilo Gentili na certeza que jamais presenciarei um espetáculo assim deprimente – mistura de manipulação, chantagem, corporativismo, obscurantismo ideológico e político...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square