© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A vaca vai pro brejo e acaba na delegacia

December 8, 2018

Pode ser a qualidade péssima da educação nos últimos vinte anos a causa dos profissionais completamente incompetentes e loucos que temos por aí.
Ou a doutrinação marxista, onde bandido tem direito e vítima não tem nenhum.
O fato é que, especialmente na justiça, o Brasil virou um país surrealista, com conceitos sobre direitos individuais totalmente invertidos.

Na madrugada do dia 6, bandidos entraram na casa de Poliana, pra assaltar.
Se deram bem, roubaram uma bicicleta.
Meia hora depois, não satisfeitos, voltaram pra fazer a façanha de novo.
Mas dessa vez o marido de Poliana, Silvano, estava esperto.
Pegou os dois no flagra tentando assaltar novamente, entrou em luta com os sujeitos e encheu os dois de porrada.
Dentro e fora da casa. Um homem contra dois bandidos.

A polícia foi chamada, e para garantir que fossem mesmo presos, Silvano foi no próprio carro pra delegacia, garantir o BO.

Talvez seja increditável o que ocorreu na sequência.
Mas está registrado. ou seria algo do tipo crazy news.
O ilustre e competente delegado que atendeu o caso -pasmem- mandou soltar imediatamente os bandidos e prendeu Silvano, acusado agora de torturar dois pobres inocentes.
Silvano foi algemado, notem, nas mãos e nas pernas, e levado pra uma cela.
Os dois criminosos, felizes e faceiros, de novo na rua, voltaram à casa de Poliana e a assaltaram novamente, enquanto a moça tentava soltar o marido na delegacia.

Não há, por mais que nos esforcemos, como entender o processo mental de um delegado que age dessa maneira, mostrando um completo despreparo para o cargo que ocupa.
É uma inversão doentia de valores.
Como a que processou e acusou Gustavo Correa, cunhado de Ana Hickmann, que também reagiu a um assalto, e felizmente foi absolvido mais de um ano depois.
A mesma inversão doentia que dá bolsa reclusão a bandidos presos.
Como se fossem eles as vítimas de seus próprios atos.
Num caso recente, um maluco cumpriu 14 meses de cana e recebeu 40 mil reais da tal bolsa.
Com a grana, faceiro, comprou um carro, virou Uber e saiu por aí assaltando alegremente os passageiros.
Preso novamente -e faturando novamente a grana do povo- o indivíduo espera a saída da cadeia.
Vai acabar rico, com certeza.

Desde o andar de cima, o STF, a justiça brasileira é uma piada.
Uma piada de mau gosto para o cidadão honesto, convenhamos.
Ou muda, ou o país vira um faroeste caboclo.
Do jeitinho que os comunistas defensores dos Direitos do Manos adoram.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Pandemia Covid-19 e a Nova Ordem Mundial

March 24, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square