© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

A treta da posse

December 17, 2018

 

 

 

O novo Ministro das Relações Exteriores do Brasil Ernesto Araujo,

desconvidou a pedido da equipe do presidente eleito os ditadores Nicolás Maduro da Venezuela e Miguel Díaz-Canel de Cuba para a posse de Jair Bolsonaro.

 

A treta começou quando hoje twitou:@ernestofaraujo
Em respeito ao povo venezuelano, não convidamos Nicolás Maduro para a posse do Presidente Bolsonaro. Não há lugar para Maduro numa celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira. Todos os países do mundo devem deixar de apoiá-lo e unir-se para libertar a Venezuela.
8:44 AM · 16 de dez de 2018

 

Seu análogo da Venezuela o ex vice-presidente Jorge Arreaza,repondeu:
@jaarreaza
El Presidente @NicolasMaduro jamás consideró asistir a la posesión de un gobierno como el de @jairbolsonaro
Esta es la firme respuesta oficial que le enviamos a @ernestofaraujo
a través de Ministério das Relações Exteriores
Jorge Arreaza publicou após o deconvite:
"O governo socialista, revolucionário e livre da Venezuela não assistiria jamais à posse de um presidente que é a expressão da intolerância, do fascismo e da entrega de interesses contrários à integração latino-americana e caribenha".

 

Em seguida a jurista e deputada eleita Janaína Paschoal twitou:
"Todo apoio ao futuro Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Se Maduro entrar no Brasil, deverá ser preso, pelo crimes contra a humanidade continuamente praticados. Há um ano, Hélio Bicudo, Maristela Basso, Jorge Paschoal e eu apresentamos denúncia contra ele ao Tribunal Penal Internacional.
Seria enfurecedor ver um genocida ser recebido com as honrarias de Chefe de Estado! Os magistrados venezuelanos exilados já decretaram a prisão de Maduro. Se ele vier, que seja preso, com fulcro em referida ordem!".

 

Jair Bolsonaro acrescentou que não chamará para a posse presidencial chefes de Estado de regimes “que violam as liberdades de seus povos e atuam abertamente contra o futuro governo do Brasil por afinidade ideológica com o grupo derrotado nas eleições“.

 

Que desconvidem também o mini ditador da Bolívia Evo Morales e Daniel Ortega da Nicarágua, assim a posse fica livre de ditadores esquerdistas que foram apoiados pelos petistas.

 

Esperamos também que nenhum membro dos partidos da esquerda brasileira esteja presente.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O homem do controle social

December 7, 2019

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square