© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

Compre os jornalistas e leve a Globo de presente

January 3, 2019

 

É assim mesmo que as coisas funcionam, ou funcionavam, não se sabe!

Chamava atenção de muitos telespectadores a má vontade do jornalismo da Rede Globo – especialmente dos comentaristas de política – com a candidatura de Jair Bolsonaro.

Com a vitória em 28 de outubro, a “má vontade” escalou um degrau: virou tentativa de desestabilizar o novo governo, ainda em formação, tal o destaque e a parcialidade da cobertura do “Caso Fabrício Queiroz”.

Em artigo recente, eu mesmo escrevi: “Na oposição, ainda velada, a Bolsonaro, parece que temos uma reação corporativa (do Jornalismo da Globo) e preconceituosa ao presidente eleito....”

Já posso dizer agora, com mais certeza, que quase acerto na mosca: é sim uma reação corporativa do jornalismo do sistema Globo de Comunicação ao novo governo...errei na motivação: não é preconceito, é medo – medo de perder regalias e privilégios.

Serão fortes e graves as perdas se Paulo Guedes levar em frente a promessa de “passar o facão” no Sistema S.

UM AMIGO DE CABRAL
Observem esta história: foram tantos os desmandos na gestão de Orlando Diniz (amigo de cama e mesa do ex-governador do RJ, Sérgio Cabral) à frente da Fecomércio (RJ) que a própria entidade contratou uma auditoria para revisar as contas da gestão 16/17.

O Senac RJ e o Sesc RJ pertencem à Fecomércio, todas entidades-membros do Sistema S. Em meio à farra milionária de recursos da entidade, chamaram atenção gastos estapafúrdios com publicidade e – pasmem – gastos com a contratação, pelo Senac RJ, sem licitação ou qualquer tipo de controle, de palestrantes a preço de fazer inveja até ao “super-palestrante” Luiz Inácio Lula da Silva...

Tive acesso a uma das planilhas levantadas pela auditoria e nela enxergo:

1. Merval Soares Pereira Filho, colunista do jornal O Globo e comentarista na Rede CBN e da Globo News, recebeu 375 mil reais como palestrante em março de 2016.

2. Cristiana dos Santos Mendes Lobo, comentarista da Globonews e Âncora do Programa Fatos e Versões, recebeu 330 mil reais como palestrante em março de 2016.

3. Samy Dana – comentarista do programa Conta Corrente da Globonews, recebeu 284.450, 88 reais como palestrante em abril de 2016.

4. Rodrigo Pimentel - comentarista de segurança da Rede Globo, recebeu 279.650 reais como palestrante em abril de 2016.

5. Giuliana Faria Morrone – co-apresentadora do Bom Dia Brasil em Brasília, recebeu 270 mil reais como palestrante em março de 2016.

6. Pedro de Moraes Rubim Accioli da Costa Doria, colunista dos jornais O Globo e da rádio CBN, recebeu 225 mil reais como palestrante em março de 2016.

Isto é apenas a ponta de um tapete levantada no Rio de Janeiro e num dos braços do Sistema S, que lembra um verdadeiro polvo.

Ah, se não tivéssemos escolhido Jair Messias Bolsonaro!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cracolândia em guerra

January 17, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square