© Todos os direitos reservados

Re-União 2017

O puteiro do Renan Calheiros

January 8, 2019

 

 

Quando eu era menino, em Araraquara, tinha uma casa que a molecada chamava de puteiro. De dia podia-se ver as mulheres de lá quando elas iam às Casas Pernambucanas comprar sedas e escolher novidades.As mulheres honestas então se afastavam, discretamente.

E de noite os homens iam chegando, entrando pela porta da casa mal afamada que se abria e fechava depressa, guardando segredo da identidade de quem ia lá.

 

Pensei nisso quando vi o empenho do Renan Calheiros em conseguir votação secreta para a escolha da presidência do Senado.

Ele espertamente quer esconder quem vai votar nele.

Por que? Porque o Senado é fisiológico e os senadores querem disfarçar seu comportamento, numa manobra de casa das putas, onde tudo vale, contanto que ninguém saiba.

 

Podíamos chamá-los de vendilhões, como aqueles que Cristo afugentou do Templo, derrubando suas quinquilharias expostas em mesas, para serem compradas com moedas de ouro. Isso, na casa de Deus. 

O Senado, caso vença a hipótese da votação secreta, aproxima sua imagem cada vez mais daquelas casas escondidas, de minha meninice, com luzes vermelhas penduradas fora da porta. O bairro das Luzes Vermelhas é lá, no senado.

 

Que escracho! O comercio clandestino atrai os senadores que se escondem com medo de serem reconhecidos. Putaria, sim - mas na moita. Quantos negócios escorregam de nosso conhecimento, perpetrados por tais senhores de fino trato.

Chamam isso de democracia.

Se é isso, então vamos também chamar as putas para votarem, pois que conhecem a natureza humana mais do que ninguém.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Um táxi chamado Brasil

February 25, 2020

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square